Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

sábado, 28 de dezembro de 2013

O CUSTO ASTRONÔMICO DA IGNORÂNCIA DO BÓSON

A pesquisa multibilionária do CERN sobre o famoso «bóson de Higgs» implica a confissão de uma especial ignorância que deve ser superada.

Mais a questão é aprofundada, mais aflora a certeza da ignorância humana sobre a chave de tudo, que é a Inteligência divina da Criação.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

OSMARD ANDRADE - FELIZMENTE ESTOU MORRENDO

           
Leio no “Estadão” de hoje, 14 de dezembro, página 12, notícia que me atinge como um soco no estômago: “A Escola Estadual Presidente Emilio Garrastazu Médici passou a chamar-se Escola Estadual Guerrilheiro Carlos Mariguella”.          
 Parece  que estamos chegando ao fim e a República Federativa do Brasil também mudará de nome: seremos República Popular Democrática do Brasil, que este é o apelido usual de todos os países comunistas à volta do mundo.
           Passado o impacto, obrigo-me a uma volta ao passado. Como dizia Augusto dos Anjos, “sou uma ameba, venho de outras eras...”. Era ginasiano em 1937 quando Getúlio Vargas implantou o “Estado Novo” e
espancou os comunistas que, à soldo de Moscou, tentavam criar na América do Sul

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

O Natal nunca foi uma festa pagã

Por Marian T. Horvat
Traduzido por Andrea Patricia


Nesta época do ano nós somos bombardeados com propaganda anticatólica questionando o abençoado dia do nascimento de Cristo como 25 de dezembro. Dizem-nos com arrogância que essa data era originalmente uma festa pagã. A Igreja Primitiva teria “escolhido” esta data para “Cristianizar” uma festa romana do sol. De acordo com essa teoria, a data do Natal foi estabelecida somente no século IV, quando nós temos a primeira evidência da Natividade sendo celebrada em Roma em 336. A conclusão: as origens do Natal são pagãs, e nós não sabemos realmente a data do nascimento do Salvador da humanidade.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

A Heresia Anti-litúrgica


“É, portanto, apenas dentro da verdadeira Igreja que pode fermentar a heresia anti-litúrgica, ou seja, aquela heresia que surge como inimiga das formas de culto. Somente onde há algo para demolir o gênio da destruição tentará introduzir o veneno”.

sábado, 21 de dezembro de 2013

O direito moderno e a realeza social de Nosso Senhor Jesus Cristo

Plinio Corrêa de Oliveira
Catolicismo Nº 22 - Outubro de 1952
"Não queremos que Ele reine sobre nós!" "Não temos outro rei senão César!" Eis os termos pelos quais os judeus repudiaram a Realeza de Nosso Divino Salvador. E eis os termos segundo os quais ainda hoje se desenrola a luta: "O inimigo é o paganismo da vida moderna, as armas são a propaganda e o esclarecimento dos documentos pontifícios. O tempo da batalha é o momento atual. O campo de batalha é a oposição entre a razão e a sensualidade, entre os caprichos idolátricos da fantasia e a verdadeira revelação de Deus, entre Nero e Pedro, entre Cristo e Pilatos. A luta não é nova; é novo, somente, o tempo em que ela se desenrola" (Cardeal Pacelli em discurso ao Congresso dos Jornalistas Católicos).

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

PEQUENO CATECISMO SOBRE O CONCÍLIO VATICANO II.

Por um Noviço do Mosteiro da Santa Cruz
Primeira Parte                                

1 - O QUE FOI O CONCÍLIO VATICANO II?

O Concílio Vaticano II foi o 21 Concílio Ecumênico da história da Igreja Católica e segundo que se fez no Vaticano, realizado de 1962 a 1965. Foi, em numero de participação, a maior concentração de Padres Conciliares reunidos na Basílica de São Pedro. Mas quantidade não é sinônimo de qualidade, tão pouco de verdade. Pois esse Concílio foi à vitória do Modernismo[1].

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Escapulário Marrom de Nossa Senhora do Carmo

Segundo a Tradição no dia 16 de julho, há 750 anos, o mais extraordinário penhor de salvação jamais dado ao homem — o Escapulário do Carmo — era entregue a São Simão Stock.

Segundo ele próprio relatou ao Pe. Pedro Swayngton, seu secretário e confessor, de repente “a Virgem me apareceu em grande cortejo, e, tendo na mão o hábito da Ordem, disse-me: ‘Recebe, diletíssimo filho, este Escapulário de tua Ordem como sinal distintivo e a marca do privilégio que eu obtive para ti e para todos os filhos do Carmelo; é um sinal de salvação, uma salvaguarda nos perigos, aliança de paz e de uma proteção sempiterna. Quem morrer revestido com ele será preservado do fogo eterno’...”. 
A partir da Aparição de Nossa Senhora a São Simão Stock, esta devoção Mariana foi se espalhando por toda parte e tornando-se uma devoção muito popular.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

A Imagem e as previsões de Nossa Senhora do Bom Sucesso

Há mais de 400 anos, no Equador, a Virgem Santíssima anunciou:
"Eu serei especialmente conhecida no século XX"
Diogo Waki

Ainda pouco conhecida no Brasil, comemora-se a 2 de fevereiro uma invocação das mais insignes da mariologia.
O homem moderno está acostumado a acreditar apenas naquilo que vê, e habituado a considerar as pessoas não pelo que são, mas por aquilo que fazem. Para ele talvez seja difícil entender a exaltação da vida apagada de clausura, de sacrifícios e orações, na qual muitas vezes a Providência faz suas maiores revelações
Madre Mariana de Jesus Torres, uma das

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Quem te ocupa mais? A glória de Deus ou seus interesses?

Excerto retirado do Manual da Almas Interiores
Compêndio de Opúsculos Inéditos
Pe. Grou
Livro de 1932 - 428 págs

Do Aniquilamento
O meu ser está diante de Vós como o que não é. (David)

Quando nos falam de renunciarmos a nós mesmos, de aniquilar-nos; quando nos dizem ser esse o fundo da moral cristã, consistir nisso a adoração em espírito e verdade, tal palavra nos parece dura e até injusta: não queremos ouvi-la e repelimos

domingo, 15 de dezembro de 2013

Pe. João Batista de A. Prado Ferraz Costa - Pacelli, Bergoglio e o cesarismo contemporâneo

Francisco I continua muito festejado pela grande mídia mundial. No Brasil, a propósito do bispo de Roma, chamam atenção as recentes resenhas muito elogiosas de um livro a ser pblicado em breve sobre suas atividades como provincial dos jesuitas em Buenos Aires em defesa dos perseguidos do regime militar que salvou a Argentina da desgraça de ser cubanizada. Diz-se que o padre Jorge Maria Bergoglio atuava mancomunado com o cardeal Arns para ajudar os subversivos a fugir da repressão da ordem política.

sábado, 14 de dezembro de 2013

“É a missa que importa”. A Resistência do Oeste Inglês ao protestantismo.

"Qualquer semelhante com o NOM é mera coincidência? Interessante que a "missa" de Paulo VI é o rito de Cranmer catolizado, aqui, que foi autorizado pelo rei Eduardo VI". Nota do Blog Salve Rainha

Por Maria Pia Ghislieri, Corrispondenza Romana | Tradução: Lucas Janusckiewicz Coletta, Fratres in Unum.com

Durante o reinado de Henrique VIII, após seu ato cismático, muitas mudanças foram feitas na Inglaterra no campo religioso. Embora isso não fosse do agrado dos católicos Ingleses, os mesmos foram assegurados de que a fé professada em suas paróquias continuaria a ser a fé de seus antepassados. Henrique VIII rompeu com Roma, mas a Igreja da qual ele tinha se proclamado chefe não havia se separado da doutrina romana.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

O valor do tempo

Por um indigno escravo de Nosso Senhor

"Só o não fazer bem nenhum é já um grande mal" (S. Francisco de Sales)."

Se observamos atentamente a vida de muitos cristãos, acharemos que eles não parecem estar no mundo para mais nada senão para não fazerem coisa alguma, ou, ao menos, coisas de proveito. Todas as horas do dia e da noite são gastas em atender ao corpo, à sua pessoa, à sua comodidade e bem-estar, sem as empregarem nalguma ocupação útil, sem terem um ideal digno e elevado, sem trabalharem nem pouco nem muito por Deus, pela sua alma, nem pelo bem do próximo. A cama, a mesa, o jogo, a conversa, o

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

A INTOLERÂNCIA CATÓLICA

Cardeal Pio
Sermão pregado na Catedral de Chartres (excertos); 1841.

Meus irmãos (...),
Nosso século clama: “tolerância, tolerância”. Tem-se como certo que um padre deve ser tolerante, que a religião deve ser tolerante. Meus irmãos, não há nada que valha mais que a franqueza, e eu aqui estou para vos dizer, sem disfarce, que no mundo inteiro só existe uma sociedade que possui a verdade e que esta sociedade deve ser necessariamente intolerante. Mas antes de entrar no mérito, distinguindo as coisas, convenhamos sobre o sentido das palavras para bem nos entendermos. Assim não nos confundiremos.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Ou Penitência ou… Purgatório

PADRE ALEXANDRINO MONTEIRO, S. J.

I. Acerbidade das penas do Purgatório
Ouvindo Santo Agostinho alguns de seu tempo dizer que, se escapassem do inferno, do Purgatório não tinham tanto medo, encheu-se de zelo e lhes fez ver o grande erro em que estavam, pois as penas do Purgatório superam tudo o que há de mais penoso neste mundo.
E com razão, porque o fogo que atormenta as almas do Purgatório é o mesmo que o fogo que atormenta os condenados no inferno, somente com exceção da eternidade. E assim é que a Santa Igreja não duvida chamar às penas do Purgatório penas infernais [na Liturgia dos defuntos].

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Ladainha da Humildade

“Enquanto vivemos nesta terra, não há coisa que mais importa para nós do que a Humildade." Frase de Santa Teresa

Rezemos, pois, com frequência a Ladainha da Humildade.



sábado, 7 de dezembro de 2013

Por que tem sempre água benta nas portas das Igrejas?

Por um indigno escravo de Nosso Senhor


Muitas vezes as pessoas se queixam de que se distraem muito na igreja, sobretudo durante as leituras na Missa. O demônio tem grande interesse em nos distrair justamente quando vamos estar em contato com as realidades sagradas. Por isso é tão útil a Água Benta na entrada das igrejas e capelas. Mesmo usando a Água Benta pode acontecer que nos distraiamos, porém teremos a segurança de que as distrações procedem de nós mesmos e não do demônio.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

D. Marcel Lefebvre - AS ORIGENS DO LIBERALISMO


Se vocês não lerem muito, cedo ou tarde serão traidores, porque não terão compreendido a raiz do mal. Com estas fortes palavras um de meus colaboradores[4] recomendava aos seminaristas de Êcone a leitura de boas obras que tratem do liberalismo.
Com efeito, não se pode compreender a crise atual da igreja nem conhecer a verdadeira cara dos que ocupam a Roma atual, e em consequência ver que atitude tomar perante os fatos, se não se  procura as causas desta crise, se não se estuda seu curso histórico, e  se não se descobre sua fonte primeira neste liberalismo condenado  pelos papas dos últimos séculos.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Revolução e Tradição.

Por Pe. Alberto Secchi – Radicati nella Fede - Tradução: Gederson Falcometa – Fratres in Unum.com 

O que fazer quando tudo parece imerso em uma confusão tremenda? O que fazer quando não parece subsistir nada de certo? O homem é feito para viver diante de Deus e em Deus encontrar a própria consistência e paz. Outrora, [a hierarquia da] Igreja Católica comunicava esta paz. Era o mundo, aquele distante de Deus, a estar em continua agitação, mas não a Igreja. A Igreja era a estabilidade.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Idéias claras sobre o magistério da Igreja

Pe. João Batista de A. Prado Ferraz Costa

O benemérito periódico italiano SI SI NO NO, em seu número de 15 de janeiro último, publicou uma importante matéria com o título Idéias claras sobre o magistério, que vale a pena resenhar para o leitor brasileiro, dada a atualidade do assunto.
Diz o referido artigo de Si SI NO NO que ultimamente apareceram vários artigos que, com o propósito de defender o magistério tradicional da Igreja, ou exageraram-lhe o alcance, fazendo-o um absoluto (erro por excesso) ou quase que o aniquilaram, negando-lhe a função de interpretar a Tradição e a Sagrada Escritura (erro por defeito). Recorda o artigo que o magistério é um múnus da Igreja e um instrumento de que ela se

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Protestanizado ou catolizado

Para muitos o rito novo da igreja conciliar é protestanizado, mas é correta a afirmação?

Para ser definido como protestanizado o rito de Paulo VI, teria que ser Católico, o que não é, veja aqui e aqui.

O rito paulino ou neo-Cranmer, foi uma adaptação do Livro de Oração Comum de Cranmer, que apareceu em 1549, recebendo atualizações durante os séculos XVI e XVII. O rito foi obra do herético Tomas Cranmer que contou com a colaboração dos heréticos, apostatas e cismáticos de sua época, como os infames Martinho Lutero, Martinho Bucer, Felipe Melancthon, João Calvino, João Knox, João Hooper, Nicolas Ridley e Pedro Mártir Vermigli.

sábado, 30 de novembro de 2013

A ALMA FAZ MAL EM EXAGERAR AS DIFICULDADES DA VIDA INTERIOR

Deus é o soberano Senhor de todas as coisas. É o princípio do meu ser, o fim da minha existência, o divino modelo da minha vida. Tem sobre mim um direito absoluto e universal. Eu me assusto perante esta obrigação tão rigorosa e tão graves de ser todo de Deus. Não Lhe posso subtrair nenhum ato nem tempo algum sem com isso praticar um furto.
Como dedicar-Lhe por inteiro uma vida

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Padre Michael Rodriguez - O Beijo de Judas Iscariotes: O Inimigo está Dentro - Parte III

Em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Dignáre me laudáre te, Virgo sacráta. Da mihi virtútem contra hostes tuos. Sit Nomen Dómini benedíctum! Amém.

(1) Na Última Ceia, Jesus Cristo molhou o pão e o deu a Judas Iscariotes. Em João 13:30, lemos o seguinte: “Tendo Judas recebido o bocado de pão, apressou-se em sair. E era noite…”

(2) No Santo Evangelho Segundo São Mateus, Capítulo 10, o Filho de Deus diz a seus doze discípulos: “Não julgueis que vim trazer a paz à terra. Vim trazer não a paz, mas a espada. Eu vim trazer a divisão entre o filho e o pai, entre a filha e a mãe, entre a nora e a sogra e os inimigos do homem serão as pessoas de sua própria casa.”

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Padre Michael Rodriguez - O Beijo de Judas Iscariotes: O Inimigo está Dentro - Parte II

Em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Dignáre me laudáre te, Virgo sacráta. Da mihi virtútem contra hostes tuos. Tibi laus, Tibi glória, Tibi gratiárum áctio in sǽcula sempitérna, o beáta Trínitas. Amém.

(1) Na Última Ceia, João 13:21, “Dito isso, Jesus ficou perturbado em seu espírito e declarou abertamente: Em verdade, em verdade vos digo: um de vós me há de trair!…” vv. 26-27, “Jesus respondeu: É aquele a quem eu der o pão embebido. Em seguida, molhou o pão e deu-o a Judas, filho de Simão Iscariotes. Logo que ele o engoliu, Satanás entrou nele. Jesus disse-lhe, então: O que queres fazer, faze-o depressa.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Padre Michael Rodriguez - O Beijo de Judas Iscariotes: O Inimigo está Dentro - Parte I

Em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Dignáre me laudáre te, Virgo sacráta. Da mihi virtútem contra hostes tuos. Benedictus Deus in sanctis suis. Amém.

Padre Michael Rodríguez.
Tenham cuidado! O inimigo está bem dentro da Santa Igreja Católica Romana. Na noite mais sagrada da história da humanidade, quando o Filho de Deus instituiu a Eucaristia e o Sacerdócio… a serpente estava lá, sussurrando no ouvido de Judas Iscariotes.
(1) Santo Evangelho segundo São Mateus, Capítulo 26: 46-49: “Levantai-vos, vamos! Aquele que me trai está perto daqui. Jesus ainda falava, quando veio Judas, um dos

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Padre Michael Rodriguez - Se dependesse de mim, eu nunca celebraria o ‘Novus Ordo Missae’ novamente.

Trechos da entrevista do padre Michael Rodriguez a Michael J. Matt, editor do periódico The Remnant. Não traduzimos os dados biográficos por já termos fornecido essas informações aos nossos leitores na primeira entrevista escrita que o padre Rodríguez nos concedeu. Os destaques são nossos.

* * *
MJM: Liturgicamente – onde o senhor se encaixaria? Sei que o senhor celebra a Missa Tradicional em Latim, mas podemos descrevê-lo como um “tradicionalista” de carteirinha?
Pe.: Liturgicamente, apóio integralmente a Missa Tradicional em Latim, que sem dúvida é a Missa verdadeira da Igreja Católica Romana. Teologicamente, liturgicamente, a espiritualidade católica e a ascese, e a própria história, tudo aponta para a superioridade

sábado, 23 de novembro de 2013

Que mal ele fez?


A hora fatal se aproximava. As potências das trevas estavam livres; e eis que todo um povo, tomado por um espírito de furor e de vertigem, se apodera do Justo. Seus próprios discípulos, educados em sua escola, alimentados com seu pão, cobertos por suas carícias; seus discípulos, que acabam de lhe jurar uma fidelidade a toda prova, o abandonam, o negam: um deles o traiu. Amarrado como um malfeitor, ele é levado de tribunal em tribunal, pelas ruas de uma grande cidade. Homens, mulheres, crianças, magistrados, anciões com cabelos brancos, todos acorreram e formaram um cortejo tumultuoso. Do seio desta multidão, hedionda como um homem embriagado, agitada como um mar em fúria, se elevam incessantemente gritos de morte. O ódio impaciente não pode esperar a sentença que deve lhe entregar o inocente. Escarram em seu rosto,
o esbofeteiam, batem nele com varas, até colocar a nu as veias e os ossos: da cabeça aos pés seu corpo forma apenas uma ferida. 

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Padre Daniel Pinheiro - Sermão para o 26º Domingo depois de Pentecostes (6º Domingo depois da Epifania transferido) - 17/11/2013

[Sermão] As notas da verdadeira Igreja de Cristo: una, santa, católica, apostólica
Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Amém.
Ave Maria…
Peço as orações de todos pelo avanço e desenvolvimento do apostolado e pelos bons frutos dele, que são, antes de tudo, a nossa santificação.
“O reino dos céus é semelhante a um grão de mostarda que um homem tomou e semeou no seu campo.”

terça-feira, 19 de novembro de 2013

São Boaventura: Calar-se face aos maus não é mansidão

A mansidão vai contra a ira e as fúrias, não para que o homem nunca se encolerize, mas para que o faça onde e quando deve.
Por isso tem cara de homem e cara de leão.
Algumas vezes se considera manso o homem que cala enquanto outro peca. Isso não é mansidão!
Escuta: diz-se de Jesus que "conturbou-se e fez um chicote de cordas". Lê-se no Livro Primeiro dos Macabeus: "Infeliz de mim! Por que nasci para ver a ruína de minha pátria e de meus santos?"
Por onde se vê que Cristo é cordeiro e leão.


– 
São Boaventura in Conferências sobre o Hexaemeron.


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Pe David Francisquini - Demagogia não é santidade II

Cumprindo com a promessa de dar continuidade à matéria tratada no artigo "Demagogia não é santidade", lembro aos meus leitores que nos ocupávamos da santidade do Padre João Maria Vianney, o Cura d'Ars, o patrono dos párocos.

domingo, 17 de novembro de 2013

Pe. David Francisquini - Demagogia não é santidade (I)

                     "Não vos admireis que vos chame servos, mas amigos,
pois o servo não se senta à mesa de seu senhor, mas somente os amigos. Eu vos elegi para que possais dar muitos frutos e frutos em abundância”, diz o Divino Mestre. E a Igreja sempre ensinou que o sacerdócio católico – como instituição e como missão divina – é o sal que salga e a luz que ilumina.
           Amigos. A verdadeira amizade consiste na comunhão de ideal alicerçada na fé, na esperança e na caridade, pois o amigo deve concordar, isto é, ter o mesmo coração de seu amigo no não querer determinada coisa. Entre amigos deve existir o mesmo modo de pensar, querer e sentir em Jesus Cristo, o Homem-Deus que é santo, inocente e impoluto.
                    Como criaturas de Deus, devemos conquistar o espírito dos homens para a sua Doutrina e

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Como explicar que tantas imagens de Nossa Senhora e de Nosso Senhor tenham sido salvas nas Filipinas?

Com menos de um mês de intervalo, duas enormes calamidades caíram sobre as Filipinas, país muito populoso de maioria católica.
O país é um grande arquipélago exposto a fenômenos sísmicos e furacões de rara intensidade.
No dia 16 de outubro um terremoto de magnitude 7.2 atingiu especialmente a ilha de Bohol danificando severamente grandes e sólidas igrejas coloniais, de até 400 anos de antiguidade.

A segunda grande calamidade foi provocada pelo tufão Haiyan (lá denominado Yolanda) em 8 de novembro que causou por volta de 2.500 mortes.
Nas duas imensas tragédias registrou-se o mesmo fenômeno: imagens de Nossa Senhora e do Sagrado Coração de Jesus ficaram admiravelmente indenes.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Provas da Existência de Deus à Luz da Ciência Natural Moderna

Alocução “Un ora”, 1952*

Pio XII

ÍNDICE

Introdução
Natureza e fundamentos das provas da existência de Deus
Duas essenciais notas características do cosmo
A) A mutabilidade do cosmo. Fato da mutabilidade
a) no macrocosmo
b) no microcosmo

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

A transcendência da mensagem e do Segredo de La Salette

Luis Dufaur

Uma obra documentada lança luz sobre o segredo e a mensagem de La Salette.
Na manhã de 19 de setembro de 1846, a pastorinha Mélanie Calvat, de 14 anos de idade, conduzia as vacas do seu patrão para pastar nos morros de La Salette, na região de Grenoble, contrafortes dos Alpes franceses. Um menino de 11 anos, que ela não conhecia, insistiu em acompanhá-la. Era Maximin Giraud, também ele pastorinho a serviço de um vizinho. Mélanie aceitou. Nenhum dos dois podia imaginar o evento sobrenatural que haveriam de testemunhar naquele dia providencial.
Mélanie gostava da solidão, do silêncio e da oração. Maximin era ingênuo e loquaz. Logo começou a pedir a Mélanie que lhe ensinasse um jogo. Ela lhe propôs o seu entretenimento preferido: fazer um paraíso, isto é, uma casinha de pedras toda recoberta com maços de flores silvestres. Após muito trabalho nessa construção, os dois tiveram fome e sono. Comeram um frugal lanche, deitaram na relva e dormiram.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Os perversos odeiam e temem a Igreja Católica

Márcio

Os maus tanto odeiam quanto temem a Igreja Católica. O nome do católico nunca é bem recebido pelo perverso (os destaques são meus "Márcio"):

Não obstante, o comandante-chefe sabia que, como monarquista, que cultivava velhos laços com o príncipe-herdeiro da Baviera e, como cristão praticante, seu candidato não era admirador de Hitler e de seu regime.(…)
Qualquer que seja a verdade, Himmler certamente conhecia a hostilidade de Halder para com o Partido e avisou a Hitler que ele não tinha experiência de combate e que era conhecido no Exército como o “general da Mãe de Deus“. Esse apelido, baseado na opinião errônea de que todos os bávaros eram católicos, pode ter preocupado um

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Se D. Lefebvre incomoda, então é bom sinal


Stat crux dum volvitur orbis – A Cruz permanece intacta enquanto o mundo gira.

Se em nossos tempos se repudia um arcebispo que disse e praticou a máxima: “Tradidi quod et accepi, Transmiti o que recebi”, então estamos diante da prova de que as contínuas tribulações e o justo castigo de Deus, por mais que nos aflija, é correto.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Santa Genoveva: heroína que salvou Paris dos bárbaros

Santa Genoveva
Em 451, Átila à testa de sua horda de hunos ameaçou Paris.

“A grama não volta a crescer onde pisa meu cavalo”, vangloriava-se o chefe bárbaro. Pois, ele tudo arrasava.

Santa Genoveva (419/422 ‒ 502/512) tinha só 28 anos mas, pela sua virtude e força de caráter, convenceu os habitantes de Paris de não abandonarem a cidade nem a entregarem aos pagãos.

Ela exortou os parisienses a resistir à invasão:
Restauração do túmulo. Saint-Étienne-du-Mont, Paris.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

A Igreja perante o mundo atual

PIO IX
Um simples olhar, conduzido sobre a face do globo, encontra uma surpreendente analogia entre a situação atual da Igreja e sua situação antes de Constantino. 

Com efeito, após dezoito séculos de cristianismo, a Igreja se encontra diante de um mundo que, a olhos vistos, deixa de ser cristão, que não quer se tornar novamente cristão, que não quer que se seja cristão, e que de mil modos persegue o cristianismo e aqueles que se fazem ou que querem permanecer cristãos. Entre ela e o mundo atual, tomado em sua generalidade, oposição completa de ideias, de costumes e de tendências. 

Isso ocorre a tal ponto que, no Syllabus, Pio IX foi obrigado a condenar o que chamam de espírito moderno, liberdades modernas, progressos modernos, civilização moderna, como incompatíveis com os

sábado, 2 de novembro de 2013

A NOVA TEOLOGIA (Parte Iª) contrária ao REINO de CRISTO exposta por D. ANTÔNIO DE CASTRO MAYER



Publicaremos aqui as 3 partes do estudo de Dom Mayer sobre a famigerada «Nova Teologia», acusada pelo Papa Pio XII na Encíclica «Humani Generis» de 1950, porque tortuosamente antecipava a revolução anti magisterial que se vive em pleno hoje com as elucubrações do Vaticano 2º, no seu velado retorno às poluídas fontes de um gnosticismo arqueológico.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Santo Tomás de Aquino – Suma Teológica - IIIa pars - O Sacramento da Eucaristia

Questão 76: Do modo pelo qual Cristo está neste sacramento

Art. 1 — Se Cristo está totalmente contido neste sacramento.

O primeiro discute-se assim. — Parece que Cristo não está totalmente contido neste sacra­mento.
1.  Pois Cristo começa a existir neste sacramento pela conversão do pão e do vinho. Ora, é manifesto que o pão e o vinho não podem con­verter-se nem na divindade de Cristo nem na sua alma. Logo, havendo em Cristo três substâncias - a da divindade, a da alma e a do corpo, como se disse - resulta que ele não está totalmente neste sacramento.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

G. K. Chesterton - Budismo e Cristianismo

Nota - É impressionante perceber a profundidade de um texto de jornal da década de 20 do século passado na Inglaterra. Se compararmos com os jornais de hoje no Brasil, podemos perceber que nossa pobreza intelectual é desoladora. Pretendo postar mais textos de Chesterton, publicados em jornais ingleses do início do século XX.

G.K. Chesterton

Publicado no Illustrated London News, 2 de março de 1929

domingo, 27 de outubro de 2013

O REINADO SOCIAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

O Papa Leão XIII na Encíclica "Immortale Dei" condena o que ele chama de "direito novo"segundo o qual, em nome da igualdade e dignidade comuns a todos os homens, rejeita-se qualquer autoridade, cuja origem não seja a mesma vontade humana: "Segue-se que o Estado, não se julga vinculado a nenhuma obrigação para com Deus, não professa oficialmente nenhuma religião... deve apenas a todas atribuir igualdade de direito civil, com o único fim de impedi-las de perturbar a ordem pública". Desaparece assim a realeza social de Nosso Senhor Jesus Cristo e, consequentemente se dificulta enormemente a salvação das almas. Na outra Encíclica "HumanusGenus" Leão XIII denuncia o Estado leigo, rigorosamente neutro em matéria religiosa, como o meio considerado apto pelas forças secretas para

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Sermão do Beato Urbano II convocando a Primeira Cruzada

Em Clermont-Ferrand, no coração da França, o 27 de novembro de 1095, diante de um Concílio de 13 arcebispos e 225 bispos, o Bem-aventurado Papa Urbano II pregou a primeira cruzada.
Clermont-Ferrand


O espetáculo era comovedor.

Um Concílio, sob a presidência de um Papa sentado na Sede de São Pedro: a luz colocada num candelabro para iluminar todos os povos.

Aquele que é o foco de irradiação da virtude, na cátedra que ensina a verdade e o bem, se dirige às falanges de Nosso Senhor e de Nossa Senhora para a luta contra o mal.

Este homem, como um novo anjo, na cátedra de São Pedro se toma de zelo pela desventura dos lugares Santos.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

ANTICRISTO – Instrução pastoral do Cardeal Pie - Quaresma 1863


Anticristo, o que nega que Jesus seja Deus; anticristo, o que nega que Jesus seja homem; anticristo, o que nega que Jesus seja homem e Deus ao mesmo tempo.
Um anticristo, nos diz São João, nega o Pai, pois negando o Pai nega o Filho: Hic est antichristus qui negat Patrem et filium (I Jo. 2, 22). De fato, não há anticristianismo mais radical do que aquele que nega a divindade em sua raiz, em seu princípio. Como o Cristo seria Deus se Deus não existisse? Ora, negar o ser divino, a substância divina, a personalidade divina e introduzir não sei que outra teodicéia é prova de que suprimem a realidade, substituindo-a por abstrações e sonhos que flutuam entre o ateísmo e o panteísmo ou que não têm sentido algum. Eis o sistema capital da atual situação intelectual; eis o ensinamento que enche os livros e inspira as lições de toda uma

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Atualidade da Pascendi: a hidra modernista ainda vive*

Dom Bernard Tissier de Mallerais

Senhoras e senhores, caros fiéis católicos,

Vocês vieram ouvir a voz do magistério da Igreja através de São Pio X, na sua encíclica Pascendi.
No dia 8 de setembro de 1907, ou seja, há cem anos, o Papa São Pio X, em acurada análise, condenou na encíclica Pascendi uma heresia nova e singular. Essa heresia não consistia, como as precedentes, em negar tal ou qual verdade de Fé, em escolher uma ou outra dentre as verdades em que se deve crer (pois a palavra heresia, em grego,