Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

segunda-feira, 8 de julho de 2013

PODEMOS SER INSULTADOS, MAS NUNCA REFUTADOS

Publicado por Pro Roma Mariana em junho 26, 2013

Eis um dos comentários insultuosos que recebemos contra a Fé e a Igreja verdadeira, por desconhecê-la ou por confundi-la com a outra, conciliar:

«Para acabar com a corrupção, melhorar saúde e educação só existe uma saída que é colocar “deus” em xeque. A bíblia é uma obra da ditadura romana usada pelos reis para escravizar negros e as demais raças em servidão, logo padres e pastores são traidores do povo e estão á serviços dos reinos europeus. A igreja (reino católico) é uma monarquia absolutista com poder centrado no papa; na verdade Roma é a sede da maçonaria (ordem de malta); todo padre é filosofo e filosofia é
sabedoria, logo o papa é um rei e todos os cardeais são príncipes que controlam tudo através de ordens secretas. Basta analisar a pirâmide maçônica e saber tudo das ordens da igreja católica. Assim hospitalares e cruz vermelha controlam médicos, o grande inquisidor controla os juízes, os templários controlam exércitos e policia…etc. Atos 19:36 Ora, visto que estas coisas não podem ser contestadas, convém que vos aquieteis e nada façais precipitadamente. (!)

PODEMOS SER INSULTADOS, MAS NUNCA REFUTADOS

 Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral

 Escutemos o Papa Leão XIII na encíclica “Aeterni Patris” de 4 de Agosto de 1879:
«14- Finalmente pertence à Filosofia defender religiosamente as verdades reveladas e opor-se aos que ousarem confutá-las. Por isso é grande glória da filosofia ser considerada sustentáculo da Fé e baluarte firme da religião. A Doutrina do Salvador – no testemunho de São Clemente Alexandrino é certamente perfeita em si mesma, e não necessita de nenhum auxílio, constituindo o poder e sabedoria de Deus. Unindo-se a ela, a filosofia grega não torna mais forte a Verdade, mas debilitando as argumentações dos sofistas contra ela, foi chamada cerca da vinha e trincheira de defesa. Na verdade, como os inimigos do nome católico, querendo combater a religião, o mais das vezes tomam da filosofia as armas de guerra, assim os defensores da Doutrina Sagrada tomam muita coisa da filosofia em defesa das verdades reveladas. E não se deve julgar pequeno triunfo para a Fé Cristã que as armas inimigas, custosamente encontradas pela razão humana para prejudicá-la, sejam fácil e desembaraçadamente esmagadas pela própria razão…
…46- e finalmente pareceu reservada a um homem tão incomparável como São Tomás de Aquino também a primazia, arrancando os obséquios, elogios e admiração até dos inimigos do nome católico. Com efeito, sabe-se que entre os chefes das facções heréticas não faltaram os que confessaram pùblicamente que uma vez afastada a doutrina de Tomás de Aquino, eles poderiam, fàcilmente, afastar e vencer todos os doutores católicos – e aniquilar a Santa Igreja. Infundada esperança, mas não infundado testemunho.»
A Santa Madre Igreja, única e infalível depositária da Revelação sobrenatural, goza necessàriamente da especial assistência Divina. Mesmo hoje, nas novas catacumbas, a Santa Madre Igreja, a Pessoa Moral de Direito Divino, indefectível, instituída por Nosso Senhor Jesus Cristo, continua a gozar, mais do que nunca, da assistência Divina. Ela possui uma doutrina DE VALOR INFINITO, uma doutrina sobrenatural, participante da Inteligência Divina, participante da Caridade Divina. Essa Doutrina, imutável e eterna na sua objectividade, foi sendo explicitada, definida, ao longo dos séculos, CONSTITUINDO UM PATRIMÓNIO PERFEITO NUMA SOCIEDADE PERFEITA.
Nunca se deixe de advertir que a Fé Teologal, sobrenatural, a Esperança, a Caridade, as virtudes Cardeais, os Dons do Espírito Santo constituem um organismo sobrenatural o qual confere, EXTRÌNSECAMENTE, por Direito próprio, uma intensificação qualificada de LUZ NATURAL, FILOSÓFICA, a qual faculta os mais sólidos fundamentos, e os mais acrisolados elementos apologéticos à doutrina Católica.
Deus bendito, o Criador da ordem natural da nossa inteligência e da nossa vontade, é igualmente o Revelador dos Mistérios sobrenaturais; portanto, ressalvada a infinita distância entre a ordem natural e a ordem sobrenatural, bem como o carácter essencialmente gratuito desta última, é mister que exista uma perfeita analogia e uma perfeita adequação mútua entre as duas ordens.
Porque a própria Santa Madre Igreja é humana e Divina. O próprio conceito de potência obediencial auxilia-nos a compreender estas realidades. Pela potência obediencial as realidades e os entes naturais possuem uma capacidade (não uma necessidade) de afeiçoamento à sua gratuita elevação à ordem sobrenatural.
Em Nosso Senhor Jesus Cristo o conceito e a realidade de potência obediencial atinge o ponto supremo, pois que uma natureza humana, corpo e alma, é já criada HIPÒSTATICAMENTE UNIDA AO VERBO DIVINO, ELEVADA SUBSTANCIALMENTE À DIGNIDADE E À EXISTÊNCIA DO VERBO DE DEUS.
A Santa Madre Igreja é assim INFALÍVEL no seu magistério filosófico, bem como em todas as realidades humanas que directa ou indirectamente estejam envolvidas ou implicadas na Revelação Sobrenatural.

A SANTA MADRE IGREJA POSSUI RESPOSTA PARA TUDO – dizia Pio XII. A SANTA MADRE IGREJA NÃO PROCURA A VERDADE – como dizem os ateus da 
maldita ex-Igreja Católica – A IGREJA É A VERDADE!!!

A Verdade é ETERNA, como eterna é a BONDADE DIVINA.
A SANTIDADE SÓ PODE SER FUNDAMENTADA PELA LUZ SOBRENATURAL DA IMUTÁVEL VERDADE. Não há santidades; existe uma só santidade, semente de glória, gratuita da parte de Deus, obrigatória da parte do homem; santidade essencialmente fundamentada na SANTIDADE SUBSTANCIAL de Nosso Senhor Jesus Cristo, bem como no SEU SACERDÓCIO IGUALMENTE SUBSTANCIAL, pois foi como Sacerdote que Nosso Senhor nos resgatou na Cruz. E é Sacerdote pela União Hipostática.
Então porque temer os insultos?
Os heresiarcas e todos os modernistas, demolidos interiormente, rejeitam uma herança que os esmaga, pois são intelectualmente incapazes de a compreender e espiritualmente incapazes de a viver. O único refrigério que os apóstatas encontram para a sua ruína religiosa, intelectual e moral é atormentarem as almas fiéis.
Todavia as almas fiéis dispõem dum património infalível e de valor infinito, possuem argumentos teológicos e filosóficos de uma fecundidade transcendental e é neles que devem procurar arrimo natural e sobrenatural.

O TESTEMUNHO QUE POSSUÍMOS É IRREFUTÁVEL POR DIREITO DIVINO. É NECESSÁRIA UMA LEITURA DA APOSTASIA ACTUAL À LUZ DA FÉ. E NÃO UMA LEITURA DA FÉ À LUZ DOS ACONTECIMENTOS – A MAÇONARIA APOSTA NESTA ÚLTIMA PORQUE SABE QUE QUEM ASSIM PROCEDER PERDE A FÉ.

Dizia o grande escritor inglês convertido Chesterton: «Clareza e profundidade nas questões mais importantes da vida só as encontrei no Catolicismo – por isso me fiz católico».
Ora a revolução conciliar destruiu precisamente aquilo que constituía a identidade católica, a sua especificidade – e fê-lo premeditadamente em obediência a um plano de satanás e executado pela maçonaria internacional. Repito, de que é que temos de ter medo?
Quem está teológica e metafìsicamente seguro, objectivamente, não pode ter medo de nada, pois que a Graça de Deus nunca lhe faltará, e sem afrouxar a luta, nunca se deve olvidar de rezar por aqueles que se encontram mergulhados na suprema infelicidade do erro e do mal, a qual constitui, já neste mundo, a verdadeira ante-câmara do Inferno.

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

Lisboa, 25 de Junho de 2013


Nenhum comentário:

Postar um comentário