Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

sexta-feira, 30 de maio de 2014

A RUÍNA QUE A IRA DESENFREADA TRAZ PARA A ALMA

angry

São Jerônimo diz que a ira é a porta pela qual todos os vícios entram na alma. “Omnium vi-tiorum janua est iracundia”. A ira precipita os  homens em ressentimentos, blasfêmias, atos de injustiça,  detrações, escândalos e outras  iniquidades, pois a paixão da ira escurece o entendimento e faz  o  homem agir como uma besta e um louco. “Caligavit ab indignatione oculus meus”  –  Jó 17:7. 

quarta-feira, 28 de maio de 2014

PODE HAVER PERDÃO PARA AS PERFÍDIAS DO VATICANO 2º?

O 1º Canon sobre a Justificação do Concílio de Trento reza: “Se alguém disser que o homem pode justificar-se perante Deus com as suas obras realizadas com as forças da natureza humana ou pela doutrina da Lei, sem a graça divina por Jesus Cristo, seja anátema”. Ora, a Igreja Conciliar opõe-se tacitamente com a sua nova doutrina a este dogma da Fé Católica, confirmada nas declarações de seus anti-papas, melhor definida a partir de um documento de João Paulo 2º. É a heresia presente na «Redemptor hominis» e «doutrinas» seguintes que instauraram o ativismo da «religião de Assis», pois operam

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Deus castiga?


Pe. João Batista de A. Prado Ferraz Costa

Aquele que ama a correção, ama a ciência,
mas o que detesta a reprimenda é um insensato (Prov. 12, 1)
     Uma das tolices mais irritantes que se ouvem hoje em diversos ambientes pentecostais e progressistas é que Deus não castiga porque Deus é amor. Que coisa mais bonita! Que coisa mais melosa! Que coisa mais cretina!

sábado, 24 de maio de 2014

Gustavo Corção - A voz dos Papas canonizados

A Igreja — diz Santo Agostinho — peregrina no mundo entre as aflições dos homens e as consolações de Deus. Nos dias que correm tornaram-se tão graves e cruéis as aflições trazidas pelos homens que mais imperiosa do que nunca se tornou a procura das consolações de Deus.
São várias as fontes onde podemos receber o alívio e o conforto para a nossa Fé. O principal é sem dúvida o Santíssimo Sacramento do Altar onde Jesus está conosco, como prometeu, até a consumação dos séculos. Aí de nós se, em torno deste calvário de cada dia, deste Sacrifício incruento, os homens da Igreja trouxerem a atoarda do mundo que impede nas almas o contato do grande e decisivo mistério de nossa salvação.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

O valor infinito de cada Missa oferecida por Nosso Senhor


Réginald Garrigou-Lagrang O.P.

Sabemos que o Salvador é o Padre principal do sacrifício da Missa, e que a oblação interior que foi a alma do sacrifício da Cruz, dura para sempre no Coração do Cristo que quer nossa salvação. É assim que Ele se oferece a si mesmo em todas as missas que, em cada dia, são celebradas. Qual é o valor de cada uma dessas? É preciso que se tenha uma idéia justa para se unir mais intimamente cada dia ao santo sacrifício e receber seus frutos mais abundantemente.

Ensina-se comumente na Igreja que o Sacrifício da Missa, considerado em si mesmo, tem um valor infinito, mas que o efeito que produz em nós, por mais elevado que seja, é proporcionado às nossas disposições interiores. São estes os dois pontos de doutrina que convém explicar.


quinta-feira, 22 de maio de 2014

Uma aparição mariana no século III

Desde os primórdios da Igreja, Nossa Senhora auxiliava os fiéis, amparando-os em suas necessidades e esclarecendo suas dúvidas.

Não é fácil para um católico dos dias de hoje compreender as dificuldades que enfrentaram os bispos e sacerdotes no início da Igreja, na defesa da verdadeira doutrina.
Com efeito, após 20 séculos de História, a Igreja Católica tem proclamado dogmas magníficos, estudado e resolvido inúmeros problemas teológicos, refutado heresias, esclarecido dúvidas que pareciam insuperáveis, tudo sob a inspiração do Espírito Santo. Da mesma forma que trabalhamos atualmente com tranqüilidade em terras que nossos antepassados tiveram enorme dificuldade para desmatar. É o valor inestimável da Tradição.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

É A MESMA MISSA TRIDENTINA? SIM, MAS NÃO O MESMO COMBATE!

Na Declaração de 21 de novembro de 1974 de Dom Lefebvre, encontra-se esta alínea relativa à santa Missa: Não se pode modificar profundamente a Lex orandi sem modificar a Lex credendi.  À missa nova, corresponde catecismo novo, sacerdócio novo, seminários novos, universidades novas, Igrejas carismáticas, pentecostalistas, todas coisas contrárias à ortodoxia e ao magistério de sempre.
Consequentemente, a Declaração de fidelidade às posições da Fraternidade São Pio X afirma que o rito da missa nova de Paulo VI é “mau em si” pois, ainda que sua validade seja possível, o perigo de invalidade é grandiosíssimo. A razão disso é que “ele se afasta de modo impressionante, no conjunto como no detalhe, da teologia católica da santa Missa” (cf. Breve exame crítico dos cardeais Ottaviani e Bacci), e, em particular, porque 1) o rito favorece uma interpretação protestante da missa; 2) as traduções em línguas vernáculas são ruins e deterioram ainda mais o sentido das palavras da missa; 3) os modos diversos e fantasistas cujos padres a celebram agravam o problema.

terça-feira, 20 de maio de 2014

PIO XII E A EXCOMUNHÃO DO COMUNISMO

DON CURZIO NITOGLIA
6 de março de 2010
[Tradução: Gederson Falcometa]

Introdução: justiça e atualidade da condenação

Pio XII, através da Sagrada Congregação do Santo Oficío emanou três documentos sobre a natureza do comunismo e a sua incompatibilidade com o cristianismo.


1º)Um ‘Decreto geral” (1º de julho de 1949), que declara:
a) não ser jamais licíto inscrever-se nos partidos comunistas ou dar a eles apoio, porque o comunismo é materialista e anticristão;
b) que é vetado difundir livros ou jornais, os quais sustentem a doutrina e a prática do comunismo materialista e ateu;
c) que os fiéis, os quais realizam com plena consciência os atos proibidos, não podem receber os Sacramentos;

sábado, 17 de maio de 2014

João Sobieski, o “Invencível Leão do Norte”

Sobieski, o Rei João III da Polônia, foi um dos maiores capitães de guerra do século XVII, e a ele se deve a salvação da Europa ao derrotar os turcos na batalha de Viena
José Maria dos Santos
João Sobieski nasceu em 1624, filho de Jaime Sobieski, castelão de Cracóvia, da pequena nobreza polaca. João e seu irmão Marcos foram educados com o maior esmero. Passaram grande parte de sua juventude em Paris e estiveram na Itália, residindo por três anos em Pádua, onde freqüentaram a Universidade local. Estiveram também na Inglaterra e na Alemanha.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral - AS «CANONIZAÇÕES ECUMENISTAS» DESAFIAM A FÉ CATÓLICA EVOCADA EM FÁTIMA


  • Assim como a Mensagem de Fátima contem um apelo explícito à conversão à Igreja perseguida da Religião divinamente revelada, os «papas» da operação ecumenista pervertem os povos com a opinão de sentido oposto: de que todas as “religiões são, mais ou menos, boas e louváveis” (Cf. o condenado pelo Papa Pio XI)
  • Emprenhando-se a promover essa opinião ecumenista os «papas conciliares» AFASTA-SE INTEIRAMENTE DA RELIGIÃO DIVINAMENTE REVELADA. Só poderiam então ser falsamente  canonizados por outros adeptos da religião ecumenista conciliar, contra a Religião Católica de 260 Papas e 20 Concílios ecumênicos; num aberto desafio à Fé evocada pela Mensagem de Fátima.
*
*   *   *

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Heróis medievais - Ricardo I de Inglaterra, Coração de Leão, quebrou Saladino

Ricardo Coração de Leão, estátua em Londres

Na terceira Cruzada, Ricardo Coração de Leão, rei da Inglaterra, empreendeu a reconquista do litoral palestino desde São João de Acre até Ascalão. 

A coluna franca, descendo de norte a sul, progredia ao longo da costa. Ela era reabastecida em cada etapa pela frota cristã que tinha ficado senhora do mar.

O exército de Saladino fazia um movimento paralelo, mas do lado das colinas, procurando aproveitar a menor falha para acossar ou surpreender a Ricardo.

A cavalaria e a infantaria dos Francos, escreve o cronista turco el-Imad, avançava pela praia, tendo o mar à sua direita e nosso exército à sua esquerda. A infantaria formava como que uma muralha em volta dos cavalos. Os homens estavam revestidos de casacos de feltro e cotas de malha de tal maneira fechadas que as flechas não podiam perfurá-los. Equipados com poderosas bestas, eles mantinham nossos cavaleiros à distância”.

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Lendas da Idade Média - O Martim Procelária

Existe em certas regiões marítimas um tipo de pássaro tão branco quanto a neve, cujo prazer é andar na crista das ondas dos mares convulsionados. Deparando-se com algo dentro d’água, mergulha inesperadamente, saindo do outro lado triunfante e com altaneria da bravura cometida, portando no bico o fruto da sua ousadia: um peixe.

Daí vem o seu nome, que é Procelária — pássaro que luta contra as procelas (procelas são as cristas brancas das ondas do mar).

segunda-feira, 12 de maio de 2014

O Interregno de Fátima: da Apostasia ao Anticristo

papa-francisco-gay-720x265-720x265

É inegável que o Segredo de Fátima concerne dois longos interregnos. Foi revelado em 13 de julho de 1917 e sua terceira parte redigida pela Irmã Lúcia em janeiro de 1944 foi arquivada por João 23 em 1959, para ser por fim publicada em 2000, com o quadro que hoje parece estranho à maioria dos católicos, cada vez mais indiferentes a tudo.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

O sino: simbolismo e efeitos benéficos. A oração do Ângelus

"O ângelus", Jean-François Millet (1814-1875)
A oração do Ângelus compõe-se de duas partes essenciais: a oração e o som do sino.

O sino dá ao Ângelus uma solenidade excepcional.

Por que o sino toca o Ângelus de manhã, ao meio-dia e à tarde?

Por ordem da Igreja Católica, cumpre a palavra do rei profeta: "À tarde, de manhã e ao meio-dia, cantarei os louvores de Deus, e Deus ouvirá a minha voz".


quarta-feira, 7 de maio de 2014

Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral - UM SANTO E DOIS DEMÓNIOS

DA CANONIZAÇÃO CATÓLICA ÀS ANTI-CANONIZAÇÕES DA «OUTRA»

catedral católica
No centro da Igreja Católica está o Tabernáculo;
sala-paulo-vi_108961
No centro do templo conciliar está o homem entronizado.














·       A seita anti-Cristo possui os contornos da Santa Madre Igreja, MAS EM NEGATIVO INFERNAL. Neste seu nquadro conceptual existe uma anti-Verdade, uma anti-Unidade, uma anti-Santidade, uma anti-apostolicidade, uma anti-catolicidade, que constituem as anti-notas da maldita Igreja conciliar e seus falsos papas.
·       O que foi anatematizado pelo Decreto “Lamentabili” e pela encíclica “Pascendi” constitui doutrina comum da seita conciliar, sob a forma de um agnosticismo e ateísmo que rebaixam o Dogma e a Moral Católica para um registo puramente poético. Assim, os Santos, os Papas, os teólogos e filósofos católicos são detestados pelos «santões» conciliares, como São Pio X foi detestado por Roncalli, João 23!

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Concilio Vaticano II revolução de satanás IX.

Documento Lumen Gentium que auxilia a infiltração dos erros.
Vamos pegar trechos para poderem ver onde estão os erros.

CONSTITUIÇÃO ANTI-DOGMÁTICA.
 LUMEN GENTIUM 
SOBRE A IGREJA