Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

segunda-feira, 30 de junho de 2014

“MORRO CELEBRANDO A MISSA”


“Numa conferência que realizou em Annecy, em 1987, Dom Lefebvre expusera a horrível situação na qual se encontravam, depois do Concílio, “as lideranças um pouco fortes da Tradição“, aqueles que tinham conservado a missa antiga, a batina, etc.. Ele afirma que ocorreu uma verdadeira perseguição, e que alguns bispos e padres morreram de desgosto, e nos dá até alguns exemplos disso”. (Trecho do Rocher, nº 45 de fevereiro-março de 2007)
*********
“Como eles (os liberais) ganharam no Concílio (Vaticano II) – é preciso dizê-lo: eles ganharam -, eles ocuparam imediatamente as posições. Como num Estado: os socialistas ganham ao governo, imediatamente eles destituem todos aqueles que não são favoráveis ao socialismo, e colocam socialistas no lugar, é óbvio. É o que fizeram no Vaticano. 

sábado, 28 de junho de 2014

Papa São Pio X - Motu proprio - Doctoris Angelici

Sobre o estudo da doutrina de Santo Tomás de Aquino.

A filosofia escolástica, base dos estudos sagrados.

Nenhum católico sincero pode por em dúvida a seguinte afirmação do Doutor Angélico: Regulamentar o estudo compete, de modo particular, à autoridade da Sé Apostólica que governa a Igreja universal, e a isto provê por meio de um plano geral de estudos (1). Em várias ocasiões temos cumprido com este magno dever de Nosso ofício, principalmente quando em nossa carta Sacrorum antistitum, de 1 de setembro de 1910, nos dirigíamos a todos os Bispos e aos Superiores das Ordens Religiosas,

sexta-feira, 27 de junho de 2014

OS ESPINHOS CRAVADOS NOS SAGRADOS CORAÇÕES



Arai Daniele

Cada espinho no Coração de Jesus e no de Maria corresponde a um mau pensamento de quem ignora, despreza ou contraria a verdade da salvação, pela qual Cristo sofreu o Sacrifício de Amor que funda Sua Igreja.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Ladainha do Sacratíssimo Coração de Jesus

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.Jesus Cristo, atendei-nos.
Pai celeste que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho, Redentor do mundo, que sois Deus, 
tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, 
tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, 
tende piedade de nós.
Coração de Jesus, Filho do Pai Eterno, tende piedade de nós.
Coração de Jesus, formado pelo Espírito Santo no seio da Virgem Mãe,
Coração de Jesus, unido substancialmente ao Verbo de Deus,
Coração de Jesus, de majestade infinita,
Coração de Jesus, templo santo de Deus,
Coração de Jesus, tabernáculo do Altíssimo,
Coração de Jesus, casa de Deus e porta do céu,
Coração de Jesus, fornalha ardente de caridade,
Coração de Jesus, receptáculo de justiça e de amor,
Coração de Jesus, cheio de bondade e de amor,
Coração de Jesus, abismo de todas as virtudes,
Coração de Jesus, digníssimo de todo o louvor,
Coração de Jesus, Rei e centro de todos os corações,
Coração de Jesus, no qual estão todos os tesouros da sabedoria e ciência,
Coração de Jesus, no qual habita toda a plenitude da divindade,
Coração de Jesus, no qual o Pai põe as suas complacências,
Coração de Jesus, de cuja plenitude nós todos participamos,
Coração de Jesus, desejo das colinas eternas,
Coração de Jesus, paciente e misericordioso,
Coração de Jesus, rico para todos os que vos invocam,
Coração de Jesus, fonte de vida e santidade,
Coração de Jesus, propiciação pelos nossos pecados,
Coração de Jesus, saturado de opróbrios,
Coração de Jesus, atribulado por causa de nossos crimes,
Coração de Jesus, feito obediente até à morte,
Coração de Jesus, atravessado pela lança,
Coração de Jesus, fonte de toda a consolação,
Coração de Jesus, nossa vida e ressurreição,
Coração de Jesus, nossa paz e reconciliação,
Coração de Jesus, vítima dos pecadores,
Coração de Jesus, salvação dos que esperam em vós,
Coração de Jesus, esperança dos que expiram em vós,
Coração de Jesus, delícia de todos os santos,
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,
ouvi-nos Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,
tende piedade de nós.
V. Jesus, manso e humilde de coração,
R. Fazei nosso coração semelhante ao vosso.
Oremos.
Deus onipotente e eterno, olhai para o Coração de vosso Filho diletíssimo e para os louvores e as satisfações que ele, em nome dos pecadores vos tributa; e aos que imploram a vossa misericórdia concedei benigno o perdão em nome do vosso mesmo Filho Jesus Cristo, que convosco vive e reina por todos os séculos dos séculos.
Amém.
Kýrie, eléison.
Christe, eléison.

Kýrie, eléison.
Christe, audi nos.
Christe, exáudi nos
.
Pater de cælis, Deus,
miserére nobis.
Fili, Redémptor mundi, Deus,

miserére nobis.
Spíritus Sancte, Deus,
miserére nobis.
Sancta Trínitas, unus Deus,
miserére nobis.
Cor Iesu, Filii Patris æterni, miserére nobis.
Cor Iesu, in sinu Virginis Matris a Spiritu Sancto formatum,
Cor Iesu, Verbo Dei substantialiter unitum,
Cor Iesu, maiestatis infinitæ,
Cor Iesu, templum Dei sanctum,
Cor Iesu, tabernaculum Altissimi,
Cor Iesu, domus Dei et porta cæli,
Cor Iesu, fornax ardens caritatis,
Cor Iesu, iustitiæ
 et amoris receptaculum,
Cor Iesu, bonitate et amore plenum,
Cor Iesu, virtutum omnium abyssus,
Cor Iesu, omni laude dignissimum,
Cor Iesu, rex et centrum omnium cordium,
Cor Iesu, in quo sunt omnes thesauri sapientiæ
 et scientiæ,
Cor Iesu, in quo habitat omnis plenitudo divinitatis,
Cor Iesu, in quo Pater sibi bene complacuit,
Cor Iesu, de cuius plenitude omnes nos accepimus,
Cor Iesu, desiderium collium æternorum,
Cor Iesu, patiens et multæ
 misericordiæ,
Cor Iesu, dives in omnes qui invocant te,
Cor Iesu, fons vitæ
 et sanctitatis,
Cor Iesu, propitiatio pro peccatis nostris,
Cor Iesu, saturatum opprobriis,
Cor Iesu, attritum propter scelera nostra,
Cor Iesu, usque ad mortem obediens factum,
Cor Iesu, lancea perforatum,
Cor Iesu, fons totius consolationis,
Cor Iesu, vita et resurrectio nostra,
Cor Iesu, pax et reconciliatio nostra,
Cor Iesu, victima peccatorum,
Cor Iesu, salus in te sperantium,
Cor Iesu, spes in te morientium,
Cor Iesu, deliciæ
 Sanctorum omnium,

Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi,
parce nobis, Dómini. 

Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi,
exáudi nos, Dómini.
Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi,
miserére nobis.
V. Iesu, mitis et humilis Corde,
R. Fac cor nostrum secundum Cor tuum.
Orémus.
Omnipotens sempiterne Deus, respice in Cor dilectissimi Filii tui, et in laudes et satisfactiones, quas in nomine peccatorum tibi persolvit, iisque misericordiam tuam petentibus, tu veniam concede placatus, in nomine eiusdem Filii tui Iesu Christi, qui tecum vivit et regnat in sæcula sæculorum.
Amen.

terça-feira, 24 de junho de 2014

A APOSTASIA DOS ÚLTIMOS TEMPOS

Santo Tomás de Aquino, comentando 2Tessalonicenses 2,3, explica como será a Apostasia dos últimos tempos:

“Estabelece logo a verdade, ao dizer: "porque não virá este dia sem que primeiro haja acontecido a apostasia"; e mostra primeiro o que acontecerá à vinda Anticristo, que são duas coisas: uma anterior à sua vinda; outra, a sua mesma vinda. Primeiro está a apostasia, que a Glosa explica de muitas maneiras, e primeiro da fé, que, segundo estava anunciado (Mt 24), todo mundo a receberia. Esta é, pois o sinal precursor, que -segundo Santo Agostinho- ainda não se cumpre; depois dela haverá muitos apóstatas (1Tm 4) "e pela inundação dos vícios se resfriará a caridade de muitos" (Mt 24,12).

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Arai Daniele - A DESATENÇÃO AO «CORPO DE DEUS» REFLETE HOJE A «HECATOMBE PAPAL» DO SEGREDO DE FÁTIMA

Na Festa do Corpo de Deus: Ó bom Pastor e alimento verdadeiro dos que apascentas, ó Jesus, tende piedade de nós. Alimentai-nos e defendei-nos e fazei que mereçamos fruir da vossa glória na Terra dos vivos.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

A CRUZ E O CRUCIFIXO


Cardeal Fulton J. Sheen (1934)
Fonte: Lista "Tradição Católica"
Transmissão: Gercione Lima
A primeira questão a ser introduzida na história do mundo e a qual nos trouxe tanta dor e inimizade foi: "POR QUE?".
Satanás foi o primeiro a levantar essa questão... "Mas por que Deus proibiu-lhes de comer do fruto de todas as árvores do Jardim?" (cf. Gn 3,1). Desde aquele dia até hoje nossas pobres mentes já formularam muitos "por quês", mas nenhum tanto quanto esse: "Por que existe a dor no mundo? Por que as pessoas tem que sofrer tanto? Por que a alegria é tão pouca e o sofrimento tanto?"
Esse problema da dor tem um símbolo e o símbolo é a cruz. Mas por que seria a cruz o símbolo perfeito do sofrimento? Porque ela é feita de duas barras: uma horizontal e outra vertical. A barra horizontal é a barra da morte... é como a linha da morte nos eletro-encefalogramas: reta, prostrada. A barra vertical é a barra da vida: erecta, de pé, inclinada para o alto. O cruzamento de uma barra sobre a outra significa a contradição entre a vida e a morte, entre a alegria e o sofrimento, sorriso e lágrimas, prazer e dor, nossa vontade e a vontade de Deus.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Pode a Igreja morrer?


Dom Lourenço Fleichman OSB
(…)
“Porque toda a ação do atual bispo de Roma, como ele gosta de se nomear, parece ter esse objetivo: tratar das coisas de modo naturalista, horizontal. Seu modo de ser é de atitudes que poderiam vir de um Ghandi, ou de um Luther King, mas não poderia ser a de São Francisco de Assis, do Cura d´Ars, ou de um São Francisco de Sales. A santidade, o espírito sobrenatural que sobra nesses grandes santos, falta na simplicidade humanitária de Francisco I.
Tampouco devemos nos escandalizar demasiado, visto que rezar em árabe, ou ouvir orações dos hereges inimigos da Igreja dentro do Vaticano não representa nada de novo no mundo da nova igreja ecumênica de Vaticano II.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

ELES PERTENCEM AO MUNDO

São João Maria Vianney
Fonte: Lista "Reflexões"
Transmissão: Antonio Xisto Arruda

Uma parte, e talvez a maior parte das pessoas, está totalmente envolvida com as coisas deste mundo. E neste largo número, existem aqueles que se julgam felizes por terem suprimido todo e qualquer sentimento de religiosidade, todo e qualquer pensamento sobre a vida eterna, aqueles que fizeram de tudo que estava em seu poder, para apagar da memória, a terrível recordação do Julgamento, no qual um dia, todos nós teremos que nos apresentar e prestar contas. Durante o curso de suas vidas, eles usam de tudo quanto é artimanha, e frequentemente até suas posses, para atrairem para o seu modo de vida, tantos quanto puderem. Eles já não acreditam em mais nada. Aliás, eles até sentem um certo orgulho em se exibirem mais ímpios e incrédulos do que realmente são, para poderem convencer os outros a acreditarem, não em verdades, mas sim em falsidades, que vão fincando raízes nos corações daqueles que são influenciados por eles.

terça-feira, 17 de junho de 2014

POR QUEM OS SINOS DOBRAM...TOCAM A MARCHA FÚNEBRE DA SOLA SCRIPTURA

por: Bob Stanley 
fonte: Site "Defenders of Catholic Faith" 
tradução: Carlos Martins Nabeto

 BONG.G..G...G....G.....
BONG.G..G...G....G.....
BONG.G..G...G....G.....
Por favor, faça 1 minuto de silêncio enquanto os sinos dobram...
Para aqueles que ainda acreditam na falsa doutrina da Sola Scriptura, inventada pelo homem, mesmo após terem lido outros artigos demonstrando suas contradições, eis que apresentamos uma série de perguntas muito sérias a esse respeito, para que sejam respondidas por seus defensores:

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Padre António Vieira - Sermão de São Pedro

Pregado em Lisboa, em S. Julião, no ano de 1644,
à venerável congregação dos sacerdotes
Crucificação de São Pedro - Caravaggio
Vos autem quem me esse dicitis? - S. Mateus, XVI.

sábado, 14 de junho de 2014

Arai Daniele - O CASO DO PAPA HONÓRIO COMPARADO AO ESCÂNDALO DOS «PAPAS CONCILIARES»

Nesta hora gravíssima para a preservação da Fé na Santa Igreja, é justo considerar o que ocorreu em outros graves momentos de sua história, a fim de que se possa melhor entender os desígnios da Divina Providência na defesa da Fé. Para isto voltemos ao caso do Papa Honório I e às circunstâncias que envolveram o seu pontificado. (Verhttp://promariana.wordpress.com/…/03/un-papa-excomulgado).
Trata-se de um resumo histórico sobre a controvertida questão da heresia desse Papa. No seu contesto entende-se a intenção de união e pacificação espúrias acalentada por Honório I, que aceitou obscurecer uma questão de Fé para realizá-la conforme a política di imperador Heráclito.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

O ENSINO DA GNOSE

Para entender corretamente as “Revelações” dos Gnósticos, é necessário libertá-las de toda a miscelânea mitológica cuja elas estão ornadas ou, de preferência, emaranhadas, libertá-las também de um vocabulário obscuro que tinha a pretensão de torná-las veneráveis. Não falaremos nem de Éons, nem de Arcontes, nem de Pleroma, etc..

quinta-feira, 12 de junho de 2014

O culto dos santos na Igreja Católica

Desde seus primórdios a Santa Igreja favoreceu o culto dos santos para benefício dos fiéis. Evolução histórica e questões teológicas relativas a essa temática de atualidade.
José Antonio Ureta
Os precursores de Cristo com Santos e
Mártires (detalhe) – Fran Angélico, séc. XV.
Retábulo em Fiesole San Domenico (Itália)
Em cada edição Catolicismo propõe, para a edificação dos leitores, a meditação sobre a vida de um santo que pode servir de modelo para os nossos dias. O exemplo dos santos é de molde a afervorar os fiéis na piedade e excitá-los à prática de virtudes que os santos exercitam de modo insigne. A revista pode também cair nas mãos de pessoas afastadas da Religião e que venham a receber graças para iniciar uma vida orientada pelas virtudes. Com efeito, muitas foram ao longo da História as almas que se converteram devido à leitura da vida de santos.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

A Santa Túnica de Nossa Senhora em Chartres

Catedral de Nossa Senhora, Chartres, França
Uma coisa é certa: desde muito cedo Nossa Senhora foi venerada em Chartres.

“Na época carolíngia, sua catedral já devia ser o centro mais célebre de seu culto na França do Norte, pois o rei 
Carlos o Calvo, em 876, presenteou-lhe uma relíquia preciosa entre todas: a Santa Túnica da Virgem.

“A relíquia fora enviada pelo imperador de Bizâncio para Carlos Magno e enriqueceu a igreja de seu palácio em 
Aquisgrão.

terça-feira, 10 de junho de 2014

Beato Urbano II: Carta de Instrução para os cruzados, dezembro 1095


Urbano, bispo, servo dos servos de Deus, a todos os fiéis, príncipes e súditos reunidos em Flandres; saudação, a bênção e a graça apostólica. 
Vosso espírito fraterno, acreditamos, há muito tomou conhecimento por diversos relatos de uma horda bárbara que aflige deploravelmente com horríveis danos as igrejas de Deus, nas regiões do Oriente. Mais do que isso, parece blasfêmia dizê-lo, ela reduziu a uma intolerável servidão suas igrejas e a Cidade Santa de Cristo, glorificada pela sua Paixão e Ressurreição. 
Tomados de piedosa preocupação por esta calamidade, Nós visitamos as regiões da Gália e nós nos consagramos empenhadamente a exortar os príncipes do país e seus súditos a libertarem as igrejas do Oriente. 
Nós os intimamos solenemente no Concílio de Auvergne a realizar semelhante empresa, como uma preparação para a remissão de seus pecados. 
E nós constituímos nosso filho bem-amado entre todos, Adhemar, bispo de Puy, líder da expedição em representação nossa, de modo que aqueles que, porventura, queiram empreender essa viagem devem respeitar os seus comandos como sendo a nossa própria vontade, e se submeterem inteiramente às suas proibições e ordens, em toda a medida necessária para completar a missão. 
Se, além deles, há alguém em vosso povo a quem Deus inspirou esse voto, saiba que ele (Adhemar) partirá, com a ajuda de Deus, no dia da Assunção de Maria Santíssima, e pode, então, juntar-se a seus seguidores. 

(Fonte: August C. Krey, “A Primeira Cruzada: os relatos de testemunhas e participantes” (Princeton: 1921), 42-43)





segunda-feira, 9 de junho de 2014

Santa Clotilde obteve a conversão da França

Santa Clotilde, jardim do Luxembourg, Paris

Santa Clotilde: esposa apostólica

Aconselhado pelos bispos católicos, Clóvis, rei dos Francos, pediu a mão da princesa Clotilde, sobrinha do rei Borguinhão, o qual havia assassinado os próprios pais para apoderar-se do trono.

Segundo uma tradição, o rei havia dado seu consentimento, mas depois arrependeu-se e mandou uma escolta atrás de Clotilde. Esta, entretanto, conseguiu chegar ilesa até a fronteira franca, onde Clóvis a aguardava.

Esse casamento foi providencial, pois tanto o rei borguinhão quanto o dos visigodos eram arianos e oprimiam seus súditos, que eram na maioria católicos. Ora, Clotilde mantivera-se fiel filha da Igreja, e começou a trabalhar junto a seu marido para convertê-lo à verdadeira fé.

A conversão de Clóvis


sábado, 7 de junho de 2014

A investida de Moscou contra o Vaticano

A KGB fez da corrupção da Igreja uma prioridade.

por Ion Mihai Pacepa*

A União Soviética nunca se sentiu à vontade em conviver com o Vaticano no mesmo mundo. Documentos recém-revelados mostram que o Kremlin estava preparado para, a todo custo, fazer face ao forte anti-comunismo da Igreja Católica.

Em março de 2006, uma comissão parlamentar italiana concluiu: “é indubitável que os líderes da União Soviética tomaram a iniciativa de eliminar o papa Karol Wojtyla”, em

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Arai Daniele - A CONVERSÃO DOS JUDEUS É PRINCÍPIO DA IGREJA E DO PAPADO: O elo Gog e Bergog é da «outra»!


Conversão de Saulo na sua ida
a Damasco, de Caravaggio
O Papa é chamado Vigário de Cristo porque o cargo pontifício é de representação de Jesus Cristo e, portanto, para continuar a Sua obra de redenção.
A redenção humana depende do que caracteriza os homens, isto é da intelecção e da livre vontade e, portanto, da vontade de conversão ao que nos foi divinamente revelado.
A Revelação tomou a forma de história; é a História Sagrada que forma o Antigo e o Novo Testamento. E a História do Povo eleito converge toda para a vinda do Messias de Deus, que é o princípio mesmo dessa eleição: preparar Sua vinda.
A intelecção e vontade de receber o Messias era a razão do Povo Judeu, que com a conversão tornar-se-ia o Povo que recebeu o Eleito de Deus.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

A tríplice coroa dos Papas tomou forma final na Idade Média

Brasão do Estado da Cidade do Vaticano
O Estado da Cidade do Vaticano tem um brasão. Ele se compõe com duas chaves cruzadas, a tiara pontifícia sobre fundo vermelho e a inscrição “Estado da Cidade do Vaticano” e uma estrela de oito pontas.

A tiara, também conhecida como “triregno” (literalmente tríplice reinado) está composta de três coroas e leva no topo um globo com a cruz.

É a coroa própria dos Papas.

É uma coroa única no mundo. E tomou sua forma praticamente definitiva durante a Idade Média.

Coroas semelhantes à tiara já foram usadas na Antiguidade, inclusive por egípcios, partos, armênios e frigios.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Na ilha dos santos, um foco de piedade mariana



DUBLIN - Quando em 1304 o arcebispo da real cidade de Cashel, na Irlanda, Maurice O'Carroll, voltava do' continente europeu em frágil barco, singrando mar tempestuoso, não podia imaginar que a bela imagenzínha de Nossa Senhora, por ele trazida, seria das poucas que sobreviveria às grandes tormentas que um dia se abateriam sobre a antiga ilha dos Santos e Sábios. Essa pequena imagem - esculpida em marfim - de Nossa Senhora, como que conversando com o Menino Jesus, representou um venerado tesouro para o virtuoso Prelado, acompanhando-o até seu túmulo, na igreja dos frades dominicanos, situada na cidade marítima de Youghal, ao sul da ilha irlandesa.

terça-feira, 3 de junho de 2014

Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral - CONTEMPLAÇÃO E ACÇÃO

·         A Santa Madre Igreja ordena aos fiéis que se abstenham de trabalhos servis, isto é, daqueles em que é preponderante o papel do corpo, em Domingos e Festas de guarda, para assim mais eficazmente poderem elevar a sua alma para o Mundo Sobrenatural, deixando as coisas que passam. Já o trabalho intelectual, sobretudo no plano religioso, é acentuadamente muito mais compatível com a consagração às coisas de Deus.
 *   *   *
Escutemos o Papa Pio XI, em passagens da sua encíclica “Mens Nostra”, de 20 de Dezembro de 1929:

segunda-feira, 2 de junho de 2014

A civilização do prazer

“Quando a onda do sexo passar, e os impotentes de amor descobrirem a enjoada monotonia do sexo sem amor, sem grande amor, passarão a matar".