Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Reconquistemos a liberdade e aboli a religião de Cristo

Era uma noite sombria; um céu sem estrelas pesava sobre a terra, como uma cobertura de mármore negro sobre um túmulo.
E nada perturbava o silêncio dessa noite, salvo um barulho estranho, como de um leve bater de asas, que de vez em quando era ouvido acima dos campos e das cidades.
E então as trevas se tornaram espessas, e todos sentiram sua alma se apertar e o frisson correr em suas veias.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Nossa Senhora de Loreto, Padroeira dos aviadores

Segundo piedosa tradição, a Santa Casa onde se deu a Encarnação do Verbo e viveu a Sagrada Família deslocou-se pelos ares no século XIII, da Terra Santa até a Itália, para não cair nas mãos dos maometanos. Milagres confirmam a autenticidade dessa preciosa relíquia

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

PADRE ANTÔNIO VIEIRA: SERMÃO DO NASCIMENTO DA MÃE DE DEUS - COMPLETO


SERMÃO DO NASCIMENTO DA VIRGEM MARIA
DEBAIXO DA INVOCAÇÃO DE N.
SENHORA DA LUZ,
TÍTULO DA IGREJA E COLÉGIO DA
COMPANHIA DE JESUS,
NA CIDADE DE S. LUÍS DO MARANHÃO.
ANO DE 1657
De qua natus est Jesus.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

A ORDEM NATURAL E A ORDEM SOBRENATURAL

ORDEM natural e sobrenatural

“Nossa vida transcorrendo nas duas ordens, natural e sobrenatural, interpenetradas em cada instante, e sendo elas como vimos no artigo anterior, tão contrastadamente constituídas, é de se esperar que freqüentemente surjam situações conflitantes em que a alma religiosa pode esquecer a fulgurante e maravilhosa descoberta da infinita prevalência da ordem da salvação e da graça sobre a ordem natural das atividades humanas.

Meu Deus, como poderemos contestar a superioridade da vida eterna e da eterna felicidade na luz da glória e na terra dos ressuscitados, com os peregrinos e efêmeros sucessos deste sopro que ontem nos tirou do nada e amanhã nos deixará no mesmo pó de onde viemos? Posto o problema nesses termos — e as almas de eleição são marcadas pela heróica opção que assim coloca a problemática da vida — nada mais teríamos a acrescentar. O critério da alma religiosa deve ser o critério dos santos, o critério do Nosso Senhor Jesus Cristo.”                         

Gustavo Corção, «O Globo, 13.8,77,  rep. «Permanência». (org.br)

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Cardeal Mindszenty, vítima do comunismo

O Cardenal Mindszenty no banco dos réus,
durante o pantomímico processo comunista
em 1949
O glorioso Cardeal Josef Mindszenty, Arcebispo-Príncipe de Esztergom e Primaz Regente da Hungria foi objeto de plena reabilitação legal, moral e política por meio de lei aprovada pelo Parlamento de Budapest e um acórdão da Suprema Corte magiar. 

Ambos Poderes reconheceram a inteira inocência do Primaz e declararam destituídas de qualquer valor legal as acusações forjadas pela persecução comunista.

O Cardeal Mindszenty foi preso pelo regime comunista em 1948.


terça-feira, 11 de novembro de 2014

Judas Iscariotes e São Pedro

Judas não se tornou Apóstolo por vontade própria, mas pela Vontade de Cristo: “Não fui Eu que vos escolhi a vós doze? No entanto, um de vós é um demônio” (Jo 6, 70).
A prisão de Cristo — Duccio di Buoninsegna (1308-11),
Museu da Obra, Catedral de Siena (Itália)
Caiu-me recentemente nas mãos um opúsculo intitulado Judas Iscariotes1. O personagem é muito conhecido e dispensa apresentações. A Semana Santa é a ocasião ideal para meditar sobre sua infame traição.
Pode ser que o leitor já se tenha deparado com algum Judas pelo caminho, ainda que revestido de outro nome. O caráter do traidor, porém, é sempre o mesmo, e a descrição desse caráter é que torna atraente o opúsculo que li e que desejo pôr em comum com o leitor. O contraste com o Iscariotes põe em realce também o modo de agir infinitamente santo de Nosso Senhor Jesus Cristo, contendo mistérios insondáveis para nós, criaturas de inteligência limitada. Feitas essas rápidas considerações, passo diretamente às citações2.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Uma visita ao santuário de Czestochowa

Nossa Senhora de Jasna Gora (Montanha Clara), a Padroeira da Polônia, Rainha e Mãe do povo polonês, protege esse país profundamente católico. Uma história de resistência, luta e vitória.
Valdis Grinsteins
 “Desejaria conhecer o santuário de Nossa Senhora da Montanha Clara, em Czestochowa? Poderemos ir lá hoje à tarde”. Foi o convite que me fez um amigo polonês. Não poderia vir em melhor momento. Aceitei-o agradecido, aproveitando a oportunidade para esclarecer com meu amigo algumas dúvidas históricas sobre a imagem.

O outono europeu tem algo de conto de fadas. A natureza apresenta misturados todos os tons de verde, amarelo e até vermelho,

sábado, 8 de novembro de 2014

O Genocídio da Armênia


Às portas do século XX, o mundo viu renascer as hostilidades do islamismo contra a religião e a civilização cristã. Por ocasião da Primeira Guerra Mundial, o Império Otomano lançou-se furioso contra a população da Armênia, num episódio hoje largamente considerado como Genocídio, o primeiro do século XX. Deportações, destruições de igrejas, conversões forçadas ao islamismo e o sistemático massacre de homens, mulheres e crianças, foram marcas do holocausto armênio, cujo número de vítimas se estima em mais de um milhão.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Decisiva derrota de Napoleão na Rússia

Talvez nenhuma derrota tenha sido tão humilhante quanto a do exército de Napoleão Bonaparte na Rússia dos czares. Episódios históricos pouco divulgados são descritos pelo Conde de Ségur, testemunha ocular.
Napoleão recebe más notícias em Moscou
A Revolução Francesa de 1789 – com seu lema Liberdade, Igualdade, Fraternidade, com seu hino-símbolo Marseillaise, com o rio de sangue que fez correr a fim de obter a demolição da antiga ordem social e política – tinha em vista espalhar para todo o universo o tipo de sociedade igualitária e anticristã que gerou.
Porém, dez anos ainda não haviam transcorrido desde a queda da Bastilha, marco inicial do dilúvio revolucionário que se abateu sobre a França, e já o povo dava mostras inequívocas de estar assustado com tanto sangue e perseguição, cansado de tanta demagogia. Anseios pela volta do Antigo Regime começavam a florescer nas almas, e a possibilidade de um retorno à monarquia dos Bourbons era visto pelas hostes revolucionárias como um temível risco.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Os santos Mártires de Gorkum Vítimas do ódio protestante

Esses 19 heróis de Jesus Cristo sofreram terrível martírio, porque não negaram a presença real na Santíssima Eucaristia e obedeciam ao Papa como chefe da santa Igreja
Plinio Maria Solimeo

Depois que Lutero rompeu com a Igreja, sua revolução religiosa foi contaminando toda a Europa como uma erisipela. Surgiram então outros “reformadores”, como Calvino, que tiveram maior ou menor sucesso em suas revoltas. Embora pregassem o “livre exame”, às vezes eles se combatiam entre si, procurando os de uma corrente convencer os

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Janeiro de 1991 - Perspectivas para o terceiro milênio

As crises do mundo moderno fundem-se numa só: a crise do homem; a desagregação é tão pronunciada que se pode supor não estar longe o momento da Providência
Gregório V. Lopes

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral - A MODERNA ARQUITECTURA E ARTE SACRA COMO FONTES DE ATEÍSMO


Escutemos o Papa Pio XII, em excertos da sua encíclica “Mediator Dei”, promulgada em 20 de Novembro de 1947:
«Nós vos exortamos ainda, veneráveis irmãos, a que tomeis cuidado em promover o canto religioso popular e a sua acurada execução, feita com dignidade conveniente, podendo isso estimular e aumentar a Fé e a Piedade das populações cristãs. Ascenda ao Céu o canto uníssono e possante do nosso povo, como o fragor das ondas do mar, expressão canora e vibrante de um só coração e uma só alma, como convém a irmãos e filhos do mesmo Pai.