Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

La Salette e Padre Pio: Lamentações e advertências do Céu para o mau clero

Luis Dafaur


“Sim, os sacerdotes atraem a vingança e a vingança
 paira sobre suas cabeças. 
Ai dos sacerdotes e das
pessoas consagradas a Deus, 
que pela sua infidelidade
e má vida crucificam de novo meu Filho!”
O Segredo de La Salette – hoje inteiramente tornado público – contém advertências para o clero relaxado no cumprimento de seus deveres.

Naquele remoto ano de 1846, falando do clero de má conduta da época e dos tempos vindouros, Nossa Senhora não poupou expressões severas.

Mas nem por isso suas palavras foram menos verdadeiras. Não poderia, aliás, ser de outro modo, uma vez que provindas da Mãe de Deus:



“Os sacerdotes, ministros de meu Filho, pela sua má vida, sua irreverência e impiedade na celebração dos santos mistérios, pelo amor do dinheiro, das honrarias e dos prazeres, tornaram-se cloacas de impureza.

“Sim, os sacerdotes atraem a vingança e a vingança paira sobre suas cabeças. Ai dos sacerdotes e das pessoas consagradas a Deus, que pela sua infidelidade e má vida crucificam de novo meu Filho!

“Os pecados das pessoas consagradas a Deus bradam ao Céu e clamam por vingança. E eis que a vingança está às suas portas, pois não se encontra mais uma pessoa a implorar misericórdia e perdão para o povo. Não há mais almas generosas, não há mais ninguém digno de oferecer a Vítima imaculada ao [Padre] Eterno em favor do mundo”.

“Deus vai golpear de modo inaudito. Ai dos habitantes da Terra. Deus vai esgotar sua cólera, e ninguém poderá fugir de tantos males acumulados.

“Os chefes, os condutores do povo de Deus negligenciaram a oração e a penitência. E o demônio obscureceu suas inteligências.
“Transformaram-se nessas estrelas errantes, que o velho diabo arrastará com sua cauda para fazê-las perecer”Cfr. Texto completo do Segredo



“Pela sua má vida, irreverência e impiedade tornaram-se cloacas de impureza”


Altos eclesiásticos liberais franceses chegaram a tentar extorquir do Papa Pio IX uma proibição do Segredo, por causa de suas severas expressões de denúncia.

Mas tanto aquele bem-aventurado Papa quanto os seus sucessores recusaram os insistentes pedidos eclesiásticos de interdição do Segredo.

No século XX, a perda dos originais do Segredo nos arquivos do Vaticano deu azo a uma proibição do mesmo, longamente desejada.

Essa proibição vigoraria até se encontrar os originais que permitissem certificar a expressão mais polêmica relativa aos sacerdotes que “pela sua má vida, sua irreverência e impiedade na celebração dos santos mistérios, pelo amor do dinheiro, das honrarias e dos prazeres, tornaram-se cloacas de impureza”.

Em outubro de 1999, a providencial descoberta dos originais permitiu elucidar inteiramente o caso.

As expressões questionadas estavam bem claras nos registros autênticos, não havendo razão para não atribuí-las a Nossa Senhora. Elas são historicamente verídicas.

A força da figura “cloacas de impureza” pode ter impressionado muitos espíritos no século XIX. 

Porém, não tendo prestado ouvidos às prementes advertências de Nossa Senhora, chegou-se no século XXI à dolorosa realidade presente. 

Inclusive algum respeitado jornalista e filósofo católico poderia ter publicado matéria com o título “Cloacas de impureza”, em alusão à apologia dos maus costumes, das más doutrinas e das más orientações pastorais assumidas por muitos altos dignitários eclesiásticos durante o Sínodo Extraordinário sobre a Família, realizado no Vaticano em outubro de 2014. 

Entretanto, o caso de La Salette não é o único em que o Céu manifesta censuras análogas em relação aos clérigos prevaricadores.

Pe. Pio: Jesus lhe aparece “todo maltratado e desfigurado pelos maus sacerdotes

Padre Pio de Pietrelcina, o santo capuchino
Padre Pio de Pietrelcina, o santo capuchino
Entre outros exemplos dignos da maior atenção e respeito, figura a carta que em 7 de abril de 1913 o santo Pe. Pio de Pietrelcina endereçou a seu diretor espiritual, o padre capuchinho Agostino da San Marco in Lamis (1880-1963). 

Nela, o Pe. Pio descreve com as seguintes palavras uma aparição de Nosso Senhor Jesus Cristo padecendo dores de agonia provocadas pela conduta dos sacerdotes indignos:

“Na sexta-feira de manhã eu me encontrava ainda na cama, quando Jesus me apareceu. Estava todo maltratado e desfigurado. 

“Ele me mostrou uma grande multidão de sacerdotes regulares e seculares, entre os quais diversos dignitários eclesiásticos; destes, alguns estavam celebrando, outros se paramentando, e outros se despojavam das vestes sagradas.

“A visão de Jesus angustiado causava-me muita pena, por isso quis Lhe perguntar por que sofria tanto. Não obtive nenhuma resposta. 

“Contudo, seu olhar se dirigiu para aqueles sacerdotes; mas pouco depois, quase horrorizado e como se estivesse cansado de fitar, retirou o olhar e, quando o voltou para mim, observei com grande horror duas lágrimas que Lhe sulcavam o rosto. 

“Distanciou-se daquela turba de sacerdotes com uma grande expressão de desgosto na face, gritando: ‘Açougueiros!’

“E voltando-se para mim, disse: ‘Meu filho, não acredites que minha agonia foi de três horas, não; Eu estarei, por causa das almas mais beneficiadas, em agonia até o fim do mundo. Durante o tempo da minha agonia, meu filho, não se deve dormir. 

“‘Minha alma vai em busca de alguma gota de compaixão humana, mas infelizmente me deixam sozinho sob o peso da indiferença. A ingratidão e o sono de meus ministros tornam minha agonia mais pesada. 

Nosso Padre Jesus Nazareno do Amor, Cádiz, Espanha
Nosso Padre Jesus Nazareno do Amor,
Cádiz, Espanha
“Oh, como correspondem mal ao meu amor! O que mais me aflige é que à indiferença essas pessoas juntam o desprezo, a incredulidade.

“‘Quantas vezes Eu estive para fulminá-los, se não tivesse sido contido pelos anjos e pelas almas enamoradas de Mim... 

“Escreve ao teu confessor e narra-lhe o que viste e ouviste de Mim esta manhã. Diz-lhe que mostre a tua carta ao Provincial ...’. 

“Jesus ainda continuou, mas o que Ele disse não posso jamais revelar a criatura alguma neste mundo. 

“Essa aparição me causou uma tal dor no corpo, mas ainda mais na alma, que durante todo o dia fiquei prostrado e julguei que fosse morrer, se o dulcíssimo Jesus já não me tivesse revelado... [Nota do editor: “as reticencias são do Pe. Pio. Não é possível saber qual foi o objeto desta revelação”.]

“Jesus infelizmente tem razão para lamentar de nossa ingratidão! Quantos desgraçados de nossos irmãos correspondem ao amor de Jesus lançando-se de braços abertos na seita infame da maçonaria!

“Rezemos por eles, a fim de que o Senhor ilumine suas mentes e toque seus corações. (...) 

“A guerra dos cosacci* vai se intensificando cada vez mais, mas não tenha medo, com a ajuda de Deus”.

(Fonte: Padre Pio da Pietrelcina, Epistolario I, por Melchiorre da Pobladura e Alessandro da Ripabottoni, San Giovanni Rotondo 2004, pp. 350 e ss., carta no. 123).

Diversidade de trato do mundo e do demônio: aplausos para os maus sacerdotes, perseguição para os bons como o Pe. Pio

* A expressão cosaccio (plural cosacci, derivado de coisa) é uma das diversas formas depreciativas com as quais o Padre Pio se referia ao diabo.

“Passei pessimamente a noite anterior, [pois] aquele cosaccio que me mandou ao leito por volta das dez, até as cinco da manhã não fez outra coisa senão socar-me continuamente. 

“Pôs-me diante da mente muitas sugestões diabólicas, pensamentos de desespero, de desconfiança em relação a Deus; mas viva Jesus, porque eu me defendi repetindo a Jesus: vulnera tua, merita mea (tuas chagas são meus méritos). 

“Acreditava mesmo que aquela fosse a última noite de minha existência; ou até que, embora não morresse, perderia o juízo. Mas bendito seja Jesus, porque nada disso se verificou. 

O Padre Pio escrevendo
O Padre Pio escrevendo
“Por volta das cinco da manhã, quanto ocosaccio foi embora, um frio tomou conta de todo meu corpo de maneira a fazer-me tremer da cabeça aos pés, como um bambu exposto a um vento impetuosíssimo. Durou um par de horas. Perdi sangue pela boca.” (Carta ao Pe. Agostino de 28-6-1912; op. cit., página 292.)


“Recentemente, quando recebi vossa carta, antes de abri-la esses cosacci me disseram para rasgá-la ou jogá-la ao fogo [...]. 

“Respondi-lhes que nada conseguiria mudar meu propósito. Jogaram-se encima de mim como muitos tigres famintos, amaldiçoando-me e ameaçando-me que me fariam pagar. 

“Meu pai, eles mantiveram a palavra! Desde aquele dia me golpearam todos os dias. Mas não me espanto” (Carta ao Pe. Agostino de 1-2-1913; op. cit., página 334.)


“Satanás com suas artes malignas não se cansa de fazer-me guerra e de assaltar a pequena fortaleza, assediando-a por toda parte. 

“Em suma, Satanás é para mim um poderoso inimigo resolvido a conquistar a praça, que não se satisfaz com assaltá-la por um muro ou por um bastião, mas que a ataca por todas as partes que a circundam, por toda parte tenta tomá-la, por toda parte provoca uma tormenta. 
“Meu pai, as artes malignas de Satanás me metem medo; mas só de Deus, por meio de Jesus Cristo, espero a graça de obter sempre a vitória e jamais a derrota.” 
(Carta ao Padre Provincial Benedetto da San Marco in Lamis (1872-1942), de 4-8-1917; op. cit., página 924.)

Hoje o mundo cobre os maus eclesiásticos com elogios insinceros e enganosos, com aplausos e bajulações onde o demônio não está ausente. Esses clérigos desviados sentem na consciência que a expressão “cloacas de impureza” se lhes aplica.

Por outro lado, os bons sacerdotes recebem do mundo e dos espíritos infernais um tratamento comparável ao que padeceu o Padre Pio.

Mas Nossa Senhora de La Salette prometeu seu triunfo, para prêmio dos sacerdotes e dos fiéis que levassem a sério os seus apelos. 

FONTE: A Aparição de La Salette e suas Profecias - http://aparicaodelasalette.blogspot.com.br/2014/11/la-salette-e-padre-pio-lamentacoes-e.html - Publicado em 17/11/2014


Nenhum comentário:

Postar um comentário