Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

domingo, 15 de janeiro de 2017

Sagrada Escritura e Sagrada Tradição, fundamentos da Fé Católica


"não é um deles, mas não sentem vergonha em pregar por si mesmo, e, assim, depravar a Regra de Fé"


Isso decorre necessariamente pera se ter uma visão adequada da Igreja como um corpo divinamente constituído, em quem a manutenção do depósito da fé foi confiado:

(1) Novo Testamento
Cristo não deu aos discípulos  comando para escrever, mas só para ensinar: "vai, portanto, ensinai todas as nações,. . . ensinando-os a observar todas as coisas que vos tenho ordenado "(Mat., XXVIII, 19-20). "Como o Pai me enviou, eu também vos envio" (Jo, xx, 21). E de acordo com isso, a Igreja está em todos os lugares que nos é apresentado como uma viva e eterna sociedade composta dos professores e alunos.Cristo está na Igreja, e é Sua cabeça; e ele prometeu que o Espírito Santo deve  sempre  permanecer nela. "Ele vos ensinará todas as coisas e os fará lembrar tudo o que eu tenho dito" (João XIV, 26). Daí São Paulo chama a Igreja "a coluna e sustentáculo da verdade" (I Tim, III, 15;. Marcos, XVI, 16; Rom., X, 17; Atos, XV, 28).

(2) Tradição
A sã Doutrina aparece nos escritos dos Padres de todas as épocas; assim Santo Inácio adverte "Guardai-vos do hereges. Você será capaz de fazer isso se você não estiver inflado de orgulho, e (por isso) separado de (nosso) Deus, Jesus Cristo,  do bispo e dos preceitos dos Apóstolos. Ele que está dentro dos altares é limpo, Aquele que está fora do altar  não está limpo; Ou seja, aquele que age  sem os bispos, o corpo sacerdotal e os diáconos, não está limpo em consciência". E Santo Irineu ( Adversos Hereges, III, ii)diz dos hereges, que, "não é um deles, mas não sentem vergonha em pregar por si mesmo, e, assim, depravar a Regra de Fé"; e novamente (III, iv), " Não é direito buscar em outros a Verdade que é fácil de obter a partir da Igreja desde os Apóstolos que serviram como um tesouro rico de tudo que pertence à verdade para que todo aquele que deseja beber da água da vida". Um pouco mais adiante, ele fala (V,xx) da "pregação verdadeira da Igreja, que fala  ao mundo inteiro um único e mesmo Caminho da Salvação". Tais testemunhos são incontáveis; no tratado de Tertuliano Contra Marcião, e em seu "The praescriptionibus Haereticoum", e o famoso "Commonitorium" de São Vincent de Lérins. Na verdade são conhecidas as palavras de Santo Agostinho que podem servir como uma síntese do ensinamento patrístico sobre a autoridade da Igreja. "Eu não acreditaria nos Evangelhos, a menos que a autoridade da Igreja Católica me levasse a isso" (Contra Ep. Fund., V). Deve-se notar que os Padres,especialmente Tertuliano e Santo Irineu, use o termo tradição não como meramente passiva, mas como ensino Divino oralmente concedido no sentido ativo da interpretação eclesiástica. E este é, sem dúvida, o significado de que São Paulo diz a Timóteo para defender "da mesma forma as palavras que ouviste de mim" (II Tim., I,13). É neste sentido que as várias fórmulas de fé de que  temos a mais antiga amostra em I Cor. XV, 3-4, tornou-se regra de fé ".

Nosso problema hoje é que o próprio papa, e alguns da hierarquia da Igreja, está jogando fora a tradição católica e ensinamentos bíblicos para acomodar os conceitos mundanos imorais, como dar a Sagrada Comunhão aos casais divorciados e recasados.
Que possamos aprender a nossa fé católica e estudar a Bíblia Sagrada. Esta é a nossa fé fundada em Jesus e no depósito da fé transmitida pelos Apóstolos, chamada tradição.



Um comentário:

  1. XXVIII. 1. Ebbene, ammettiamo pure che tutte le chiese abbiano errato, che anche l'apostolo si sia ingannato a rendere testimonianza ad alcune di esse; ammettiamo che lo Spirito Santo non ne abbia protetta nessuna e non l'abbia guidata alla verità, quello Spirito Santo che proprio a questo scopo fu mandato da Cristo, che proprio a questo scopo fu richiesto al Padre, cioè perché fosse maestro di verità. Abbia pur trascurato i suoi doveri l'economo di Dio, il vicario di Cristo, permettendo alle chiese talvolta di intendere diversamente, di credere diversamente quello che egli stesso predicava per mezzo degli apostoli: è forse verosimile che tante e così grandi chiese abbiano sbagliato per concordare in un'unica fede?
    2. Di molti eventi non può esserci un'unica conclusione: l'errore della dottrina delle chiese avrebbe dovuto prendere differenti aspetti. Ma quello che risulta unitario presso molti, non è l'errore, bensì tradizione. Osi dunque uno affermare che hanno errato coloro che hanno tramandato la dottrina!
    Tertulliano- contro gli eretici-
    Un ebreo trasforma un altro uomo in ebreo e questi si chiama "proselito".
    Ma un proselito non fa sempre altri proseliti.
    Gli esseri autentici sono ciò che sono da sempre e ciò che generano è autentico, è semplicemente diventare quello che si è.
    Filippo tavola 99

    ResponderExcluir