Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

sábado, 20 de maio de 2017

FÁTIMA E O ISLÃ


“Não é por acaso que a Mãe de Deus escolheu um lugar com este nome: afinal, Fátima era o nome de uma filha de Maomé! Poucos percebem que, apesar de aparentemente opostos, o Islã e a Rússia comunista, são os grandes impérios que avançaram “desde o oriente” neste último século afogando a Igreja de Cristo. (Ap. 12, 15)”

Neste mês dedicado a Nossa Senhora, estamos comemorando os 100 anos da aparição de Fátima. Esta mensagem da Santíssima Mãe de Deus não perdeu sua atualidade, mesmo depois de um século! Fátima é uma advertência para o mundo moderno de que o paraíso sem Deus é uma loucura! Fátima é uma prova de que os erros dos nossos tempos, especialmente o comunismo, nunca serão compatíveis com a verdadeira fé… Temos que considerar tudo isso com muita atenção. Não deixemos, ainda de perceber a ligação entre a mensagem de Fátima e o Islamismo. Não é por acaso que a Mãe de Deus escolheu um lugar com este nome: afinal, Fátima era o nome de uma filha de Maomé! Poucos percebem que, apesar de aparentemente opostos, o Islã e a Rússia comunista, são os grandes impérios que avançaram “desde o oriente” neste último século afogando a Igreja de Cristo. (Ap. 12, 15). Eles são como aqueles reis que tiveram o seu caminho aberto depois de derramada a sexta taça da ira de Deus: “derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates, e secaram-se as suas águas (fontes da graça) para que se abrisse caminho aos reis do oriente.” Este tema do islã sempre esteve muito impregnado na história da nossa ordem carmelitana… Para os antigos carmelitas, os muçulmanos não eram nem amigos, nem inimigos, mas simplesmente um flagelo que indicava o fim dos tempos. Quanto maior fosse o poder do islã, mais perto estaríamos da vinda do Anticristo. Hoje, inclusive, estamos celebrando Santo Ângelo. Ele, sem dúvida, teve a sua vida marcada por essa inquietação a respeito dos “sarracenos”. Este grande sacerdote, com sua pregação, segundo o breviário, converteu muitos muçulmanos “ab infidelitate eorum” (da infidelidade deles). De fato, ele não cessava de orar pela conversão desta gente e enquanto estava no seu retiro no deserto da quarentena (por volta do ano 1230), teve esta revelação de Cristo: “Sabe Ângelo, Servo meu, a cidade de Jerusalém, a Galileia e toda a terra da promissão, Capadócia e Egito, com muitas regiões da Ásia e da África, passados poucos anos, irão de todo ao poder dos Ismaelitas (muçulmanos): as Igrejas, os Templos que tu vês agora, onde se celebram os louvores divinos, serão destruídos. As cerimônias, costumes e observâncias dos cristãos, serão reduzidas a nada. E o poder de Maomé e de seus sucessores crescerá sempre mais e atemorizará quase todas as gentes e será com isto amedrontada e molestada toda a Europa, e virá fogo, sangue, ruína e quase total destruição e haverá grande aflição e crescerá o furor e a ira sobre os filhos da ingratidão (cristãos). Estas coisas virão pela abominação daqueles que edificam Babilônia (mundo moderno), dissipam o Santuário e arrastam o povo para a crueldade, a desonestidade, a malícia e o pecado.” Esta profecia indica claramente que o islã avança devido à permissão de Deus para punir a infidelidade dos cristãos: “a desonestidade, a malícia e o pecado”. (palavras que nos lembram muito bem dos horríveis atentados ocorridos nas boates de Paris). Não tenhamos dúvida: um dos maiores castigos para o ocidente cristão apóstata é a invasão e o crescimento do islã! Temos que nos dar conta de que o islamismo foi uma religião muito bem inventada no século VII para destruir a fé em Cristo como Deus! Não há comunhão entre o “monoteísmo” de Maomé e o monoteísmo da fé cristã, pois, o nosso Deus é Trino! Afinal: “todo aquele que nega o Filho não tem o pai!” (I Jo 2, 23) Mas, por que Deus lhes permite esta cegueira? porque os cristãos perderam sua fé! Há tantos séculos já havia uma ferida na cristandade, que foi aumentando mais e mais até chegar nesta imensa chaga que está hoje sangrando por todos os lados! Diante deste quadro dramático o que fazer? A esperança está em Fátima! Maria é a Filha predileta de Deus que suplanta a filha de Maomé. Ela é a Mulher vestida de Sol que tem a lua sob os seus pés! Ela nos convida a voltarmos para o verdadeiro Deus e confiarmos nEle! donec auferatur lana (Sl. 71, 7) (Até que seja tirada a lua…)
Flos Carmeli nº 12, maio de 2017.
Fonte: http://www.sensusfidei.com.br/2017/05/06/fatima-e-o-isla/

Nenhum comentário:

Postar um comentário