Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

quarta-feira, 28 de março de 2018

O sofrimento do trigo

“Quando abre seu coração para que seja guiado por Ele, pode ter a certeza que onde quer que o caminho te leva, sempre haverá um porto seguro e feliz no final.”

Há alguns dias chegou em minhas mãos este maravilhoso conto, que sem conhecer o autor, agora lhes escrevo.
Em um campo de trigo, que nos meses de sol iam dourando seus grãos, uma espiga crescia cheia de sonhos e fantasias. Ela era esbelta, galante e tão boa, que todo o seu esforço era crescer e entrar com glória no céu.
O Senhor, que conhecia seus sonhos, olhava com bondade e alegria ante as suas promessas, de que um dia iria chegar ao céu. E o trigo sonhava e crescia...esperando que seus sonhos realizassem, passando horas brincando com o doce balanço do vento.
Numa tarde de verão, um camponês apareceu no campo com uma impiedosa e afiada foice, colhia o precioso grão. E assustado gritava:
- Eu não! Eu não! – Implorava a inocente espiga.
- Eu não! Porque estou predestinada a alçar ao céu com o meu talo.
Mas o distraído homem, com um golpe certeiro corta a espiga, condenando a sua sorte destruindo os seus belos sonhos de alcançar o céu.
- Oh Senhor! – exclamou a espiga – olha, olha, meu Deus o que eles fizeram! Não posso mais Lhe alcançar, salva-me, salva-me que estou morrendo!
E o Senhor como se nada ouvisse, respondeu com o silêncio. E o camponês tomou os fechos de trigos e os colocou na moenda. As cascas se abrem e os grãos estouram; como nós que se desfazem de uma corda, os grãos rolam dispersos.
- Oh grãos que ansiava pelo céu! – diziam outros grãos – de que serviu ter sido tão puro se o Senhor não desceu para salvá-lo?
E na sua triste angústia ele clamava.
- Pai nosso que está no céu.
Na escuridão de um saco que lhe transformou em cárcere, transformado em um novo, seus grãos dourados e belos, viraram um pó fino. E em farinha tornou-se, chorando ao Senhor, suplicava em lamentos; e lá no alto seguia o silêncio, e aqui em baixo seguia moendo.
E por que o Bom Jesus calara? E por que negou o consolo? E por que sendo pura e inocente, se deixou em tão duro tormento?
Mas veja o que aconteceu numa bela e feliz manhã. A farinha em que transformou, ficou leve como uma brisa de maio, banca como uma luz de janeiro. Sua beleza resplandeceu no altar, as nuvens abriram para vê-la. O próprio Deus em sua Glória desceu, e na hóstia feliz se incorporou. E assim, em uma terna conversa, o Cordeiro disse a espiga:
- Eu desejava tê-la em minha glória e meus braços repousares, mas ousa, para a meus braços só pode chegar com sofrimentos.
*** ***  ***
Os caminhos de Deus podem ser desconhecidos e difíceis, mas jamais impossíveis. Quando abre seu coração para que seja guiado por Ele, pode ter a certeza que onde quer que o caminho te leva, sempre haverá um porto seguro e feliz no final. Disse São Paulo: “Todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus” (Rom 8,28).
Padre Lucas Prados
Tradução: Bolg Salve Regina!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de fazer seu comentário, leia: Todo comentário é moderado. Não serão permitidos comentários anônimos sem que contenha a identificação do autor. Comentários ofensivos contra a Santa Madre Igreja não serão aceitos. Comentários de hereges, de pessoas que se dizem ateus, infiéis, de comunistas só serão aceitos se estiverem buscando a conversão e a fuga do erro. De pessoas que defendem doutrinas contra a Verdade revelada, a moral católicas, apoio a grupos ou idéias que ferem, denigrem, agridem,cometem sacrilégios a Deus Pai, Deus Filho, Deus Espírito Santo, a Mãe de Deus, seus Anjos, Santos, ao clero, as instituições católicas também não serão aceitos.